Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

05/10/2013 09:00

Supremo confirma decisão do TJ que condenou ex-juiz de MS

Campo Grande News/ Vinicius Squinelo

O agora ex-juiz Marcos Antônio Sanches foi demitido a bem do serviço público conforme portaria publicada hoje no Diário da Justiça. Além da demissão, também foi determinada a prisão por carta precatória ao Tribunal de Justiça de São Paulo, em virtude de residir em comarca daquele Estado.

Segundo informações da assessoria de imprensa do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), Marcos Antônio Sanches foi condenado por corrupção ativa e passiva pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul em 2008. Inconformado com a decisão recorreu ao STJ e ao STF que, ao final, mantiveram a decisão condenatória do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul. A decisão do julgamento do mérito do processo foi dada pelo STF no último dia 9 de setembro de 2013.

O juiz estava afastado de suas funções desde 24 de setembro de 2001, quando foi determinada a instauração do processo judicial contra ele.

Sanches foi denunciado por receber vantagens indevidas, tais como: várias cabeças de gado bovino, cavalo de raça e importância em espécie para prolatar decisão revogatória de prisão preventiva de acusados em processo crime ocorrido na Comarca de Aquidauana nos anos de 1996 e 1997.

Além da demissão a bem do serviço público do cargo de juiz, Marcos Antônio Sanches irá cumprir a pena privativa de liberdade de três anos em regime aberto. Deverá também pagar, ao erário, multa equivalente a 140 dias-multa, no valor unitário de um trigésimo do salário mínimo vigente à época.

Com a demissão do juiz, o Tribunal de Justiça de MS poderá prover a 1ª Vara da Comarca de Cassilândia que estava vaga em decorrência do afastamento de Marcos Antônio Sanches.

Supremo confirma decisão do TJ que condenou ex-juiz de MS
Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)