Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

30/05/2005 13:13

Superávit primário bate recorde em abril

Stênio Ribeiro / ABr

O setor público registrou em abril o melhor resultado mensal para o superávit primário (saldo entre arrecadação e despesas, sem considerar juros) desde o início da divulgação da série, em 1991. Relatório divulgado hoje pelo Banco Central sobre a Política Fiscal do mês de abril revela que o superávit foi de R$ 16,335 bilhões – 33% a mais do que em março, R$ 12,258 bilhões, e que já fora considerado muito bom pelo governo.

O resultado de abril foi elevado basicamente pelo comportamento das contas da União, que contribuiu com saldo de R$ 14,308 bilhões, enquanto estados e municípios registraram R$ 1,808 bilhão e as empresas estatais tiveram R$ 219 milhões. Conforme explicou o chefe do Departamento Econômico do BC, Altamir Lopes, o superávit acumulado nos quatro primeiros meses do ano subiu para R$ 44,012 bilhões, o que corresponde a 7,3% do Produto Interno Bruto (PIB).

Segundo Lopes, a posição é bastante confortável, levando-se em conta que a meta de superávit primário para o período era de R$ 35,8 bilhões, ou 5,7% do Produto Interno Bruto (PIB - soma de todas as riquezas produzidas no país). Em relação ao fluxo acumulado nos últimos 12 meses, o superávit primário soma R$ 92,7 bilhões, ou 5% do PIB; acima, portanto, da meta de 4,25% para o superávit deste ano e de 2006.

De acordo com o documento do BC, os juros pagos em abril chegaram a R$ 13,3 bilhões – um volume alto, mais ainda assim menor que no mês anterior, quando foram pagos R$ 13,9 bilhões em juros. A maior cota, de R$ 8,9 bilhões refere-se a compromissos do governo federal, enquanto governos regionais arcaram com R$ 4,5 bilhões em juros e as empresas estatais, ao contrário, incorporaram receitas de R$ 72 milhões.

Altamir Lopes destacou a acentuada redução da dívida líquida do setor público, que diminuiu de R$ 965,949 bilhões em março para R$ 956,677 bilhões no mês passado. Houve, portanto, uma queda de 50,8% para 50,1% em relação ao PIB, como resultado do impacto de 5,1% da valorização do real sobre o dólar no mês, equivalente a R$ 7,4 bilhões do total da dívida; além do superávit nominal de R$ 3,1 bilhões.

O economista do BC explicou que a dívida líquida do setor público registrou queda correspondente a 1,5 ponto percentual do PIB, de janeiro a abril, em decorrência, basicamente, da valorização do PIB, hoje estimado em R$ 1,910 trilhão, contra R$ 1,854 trilhão em dezembro último.

O Departamento Econômico do BC também registrou redução da dívida bruta do governo geral, que inclui o Instituto Nacional da Seguridade Social (INSS). A dívida total, de R$ 1,387 trilhão (73% do PIB) no mês anterior, caiu para R$ 1,374 trilhão (71,9% do PIB), em razão, principalmente, da apreciação (valorização) cambial e dos resgates líquidos da dívida mobiliária (em títulos), no valor de R$ 9,6 bilhões.

Apesar dos resgates de títulos públicos, a dívida mobiliária federal fora do Banco Central teve pequena elevação de R$ 200 milhões em relação a março, por causa do pagamento de R$ 9,8 bilhões de juros, e elevou o total da dívida para R$ 873,8 bilhões, o que corresponde a 45,8% do PIB.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)