Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

28/09/2004 09:24

Sul-mato-grossense assassinada na Grande São Paulo

Dourados News

O corpo da comerciante douradense Mary Carolina de Souza, 33 anos, que foi morta na madrugada de domingo com um tiro de espingarda calibre 12 quando se encontrava em seu estabelecimento comercial, na cidade de Itupeva, na Grande São Paulo, deverá chegar em Dourados no início da tarde, segundo apurou a reportagem.

Por outro lado, informações procedentes da imprensa de Jundiai, cidade localizada na Grande São Paulo, davam conta de que o corpo de Mary Carolina que era proprietária de um bar no bairro do Calabró, em Itupeva, já havia sido sepultado na manhã de ontem.

Caso seja verídica esta notícia, a família da mulher deverá solicitar a Justiça daquela cidade, para que o corpo seja exumado, para posteriormente ser trasladado para ser sepultado em Dourados.

O CRIME

A reportagem do Dourados News apurou ontem que a comerciante levou um tiro no rosto, e ainda ficou com um dos dedos decepados, quando tentou se proteger, durante um suposto assalto.

No momento do crime ela estava na companhia de algum cliente no interior do seu estabelecimento.

A polícia paulista durante os levantamentos constatou a existência de estilhaços, além de perfurações por todo o rosto da vítima.

De acordo com clientes que acompanharam os fatos, a douradense foi executada por dois homens que ocupavam uma motocicleta, após ela ter supostamente reagido a um assalto.

Na ação da dupla, um dos clientes do estabelecimento da douradense teria também saído ferido, porém superficialmente, e após ser medicado no centro de saúde daquela cidade, foi medicado e liberado.

Após matar a comerciante que estava morando na cidade havia pouco tempo, os dois homens que até hoje não haviam sidos identificados fugiram levando dinheiro, bolsa e o celular da vítima.

Por outro lado, ontem no início da tarde uma viatura da Funerária Bom Jesus teria se deslocado para Itupeva para providenciar o traslado do corpo da douradense para que fosse sepultado em Dourados, cidade aonde reside a maioria dos seus familiares.

Inclusive a reportagem apurou que uma irmã da comerciante acompanhou o motorista da empresa funerária, para providenciar o transporte do corpo.

O latrocínio -roubo seguido de morte- deverá ser investigado pela polícia paulista, com os clientes que estavam no local do crime na hora do assassinato da mulher devendo ser intimados a comparecer na delegacia para prestar declarações.


Waldemar Gonçalves - Russo

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)