Cassilândia, Terça-feira, 22 de Maio de 2018

Últimas Notícias

05/08/2016 14:29

Sul-coreano registra recorde mundial e olímpico antes da abertura dos Jogos

Pedro Peduzzi – Repórter da Agência Brasil

Antes mesmo da abertura dos Jogos Olímpicos, a Rio 2016 já registrou o primeiro recorde mundial e olímpico. A façanha ocorreu na manhã de hoje (5), durante a etapa de ranqueamento da modalidade tiro com arco, quando o sul-coreano Kim Woo-jin marcou 700 pontos. Além de campeão mundial, Woo-jin é o líder no ranking da modalidade.

Ao todo, 64 atletas participaram da prova de ranqueamento. Formada por Marcus Vinícius D’Almeida, Bernardo Oliveira e Daniel Xavier, a equipe brasileira terminou em 11º lugar, totalizando 1.948 pontos. Na próxima fase, os brasileiros enfrentarão a China, que atualmente ocupa a sexta posição no ranking. As finais por equipe serão neste sábado (6). Já a fase eliminatória do individual começa na segunda-feira (8). As finais serão na sexta-feira (12).

No individual, Marcus Vinícius, que ocupa o 17º lugar no ranking mundial, ficou em 34º, marcando 658 dos 720 pontos possíveis. Ele vai enfrentar o norte-americano Jake Kaminski. Bernardo Oliveira obteve 651 pontos, o que lhe rendeu a 45ºcolocação. Ele enfrentará o australiano Alec Potts (20º). Daniel Xavier, que ficou na 53ª posição com 639 pontos, terá como adversário o coreano Lee Seungyun (12º).

“A gente atirou um pouco abaixo do que esperava. A gente vem de treinamentos que mostram que poderia ter sido melhor. Mas amanhã é outro jogo. Nós combatemos com a China na Colômbia e perdemos, mas foi muito parelho. E a gente vai contar com a torcida desta vez”, disse, em tom otimista, Daniel. Por meio de nota do Comitê Olímpico brasileiro (COB), os atletas disseram que o foco principal está nas provas de equipe, cuja pontuação conta também para o ranqueamento individual. “É para isso que a gente está batalhando há muito tempo”, disse Daniel.

Marcus Vinícius, que é o atleta brasileiro mais bem colocado, também defende o foco no trabalho em equipe. “A gente não foca aqui em que é, ou foi, melhor. Time é time, não tem essa”, disse o arqueiro de 18 anos. Ele não começou bem a competição, mas subiu de rendimento durante a segunda metade da prova, que consiste em 12 séries de seis tiros, num total de 72.

Edição: Nádia Franco

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)