Cassilândia, Terça-feira, 27 de Junho de 2017

Últimas Notícias

28/09/2011 18:24

STJ solta prefeito de Alcinópolis acusado de mandar matar vereador

Marta Ferreira, Campo Grande News

O ministro do STJ (Superior Tribunal de Justiça) Adilson Vieira Macabu concedeu hoje liminar que coloca em liberdade o prefeito afastado de Alcinópolis, Manuel Nunes da Silva (PR).

Ele é acusado de ser o mandante do assassinato do vereador Carlos Carneiro, morto em Campo Grande, no dia 26 de outubro do ano passado, aos 40 anos. Carneiro era do PDT, oposição ao prefeito, e era presidente da Câmara de Vereadores.

Três homens foram presos logo após o crime, e aguardam julgamento. O prefeito foi preso em 20 de julho deste ano, junto com três vereadores, sob acusação de ter planejado a morte do vereador e encomendado o crime. O assassinato teria custado R$ 20 mil, conforme as investigações policiais.

Manuel Nunes da Silva está na 3ª Delegacia de Polícia Civil, no bairro Carandá, em Campo Grande. A delegacia já foi informada da concessão da liminar, mas o alvará de soltura ainda não chegou.

O processo no STJ informa que um telegrama foi enviado ao Tribunal de Justiça nesta tarde comunicando a decisão.

A liminar concedida hoje reconsidera uma decisão anterior, que havia negado ao prefeito a liberdade. Com a prisão dele, o cargo foi assumido pelo vice, o pai do vereador assassinado, Alcino Carneiro (PDT).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 27 de Junho de 2017
Segunda, 26 de Junho de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)