Cassilândia, Domingo, 22 de Outubro de 2017

Últimas Notícias

01/11/2007 19:09

STJ derruba fornecimento de gás natural a termelétrica

Sandra Luz/Campo Grande News

O STJ (Superior Tribunal de Justiça) derrubou nesta quinta-feira, dia 1º, a liminar do Tribuna de Justiça de Mato Grosso do Sul que garantia o fornecimento de 1,3 milhão de metros cúbicos de gás ao dia para a termelétrica Willian Arjona, em Campo Grande. A unidade gera 150 Megawatts de energia.

Segundo a assessoria de imprensa da MS-Gás, que fornece o combustível para a Willian Arjona, a empresa ainda não foi notificada. A Tractebel Energia, dona da usina, entrou em 2006 com pedido de manutenção do fornecimento do gás. O fornecimento foi reduzido depois que terminou o contato pelo PPT (Programa Prioritário de Termelétrica), assinado no governo Fernando Henrique Cardoso e que não previa a renovação, segundo a MS-Gás.

Em julho deste ano a Tractebel pediu ao governador André Puccinelli (PMDB) a revisão do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), considerado que parte dos cinco geradores estava ociosa.

A decisão de desta quinta motivou reunião da diretoria da MS-Gás, mas o assunto só volta a ser discutido na próxima semana. A redução do fornecimento para a Willian Arjona está entre as expectativas da Petrobras para aumentar a oferta de gás natural aos grandes centros, conforme entrevista da diretora de Gás e Energia da Petrobras, Maria das Graças Foster à Agência Brasil.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 22 de Outubro de 2017
Sábado, 21 de Outubro de 2017
10:00
Receita do dia
Sexta, 20 de Outubro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)