Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

01/03/2011 11:28

STJ considera tráfico internacional remessa de remédios de MS para Portugal

Marta Ferreira, Campo Grande News

Decisão do STJ (Superior Tribunal de Justiça) que transitou em julgado ontem determinou que seja considerado crime de tráfico internacional de drogas uma tentativa de enviar para Portugal, via Correios, medicamentos a partir de Mato Grosso do Sul, descoberta em abril de 2009.

O material foi apreendido em uma agência dos Correios em Dourados e seguia com destino a Lisboa, em Portugal. Eram 600 capsulas de Fluoxetina (antidepressivo) e de Femproporex (anorexígeno), possivelmente falsificados.

A investigação que levou à apreensão começou na Polícia Federal, e o processo teve início, então, na Justiça Federal.

A pedido do MPF (Ministério Público Federal), o caso a juíza da 1ª Vara Federal Criminal de Dourados, responsável pelo processo, determinou que o o caso deveria tramitar na Justiça estadual.

Na comarca de Dourados, o entendimento do Ministério Público Estadual foi diferente. Confirmado que se tratava de duas drogas lícitas, o MPE entendeu que o caso deveria sim ser tratado como tráfico internacional e o conflito de competência foi suscitado pelo juiz da 1ª Vara Criminal da Justiça Estadual.

No julgamento do STJ, o entendimento foi favorável ao processamento do caso na esfera federal, em julgamento realizado no mês de dezembro. O processo transitou em julgado ontem, determinando que o réu seja processado na Justiça Federal.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)