Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

16/03/2004 08:08

STJ: condenação por acidente com morte de passageiro

Deuza Lopes/STJ

Está mantida a decisão que determinou o pagamento de pensão de um salário mínimo e indenização por danos materiais no valor de R$ 30 mil para os herdeiros do passageiro que faleceu ao ser atingido por uma pedra arremessada pela porta de um trem da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU). A decisão é do ministro Castro Filho, da Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ao julgar improcedente o pedido da CBTU.

A Companhia discutia, em uma ação na justiça, o pagamento de indenização por danos materiais e morais proposta pela costureira Francisca Rodrigues Barroso da Silva e filhos.O pedido da viúva de Aurino Malaquias da Silva foi julgado procedente em primeiro grau, com a condenação da Companhia a indenizar a viúva e dois filhos da vítima.

Aurino Malaquias da Silva faleceu em 18 de fevereiro de 1994, vítima de acidente dentro de uma composição ferroviária da CBTU, na cidade de Itaquaquecetuba, em São Paulo. Aurino sofreu um acidente em 22 de dezembro de 1993, quando se dirigia ao trabalho, por volta das 6h30 da manhã, utilizando o transporte ferroviário quando foi atingido violentamente por uma pedra lançada pela porta do trem.

Dois dias após o acidente, Aurino foi internado no Hospital Irmandade Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, apresentando quadro de traumatismo craniano greve e acidente vascular cerebral. Após dois meses de internação Aurino faleceu.

Segundo a defesa dos parentes da vítima, "é dever daqueles que prestam serviços públicos de transporte zelar pela segurança dos passageiros, a ré não providenciou esta segurança, em completo descaso pela vida e integridade física daqueles que se lhe utilizam para viagens, por falta total de manutenção, caracterizando sua culpa e o conseqüente dever de indenizar os danos a que deu azo".

Em primeira instância a CBTU foi condenada a pagar à viúva e filhos pensão mensal no valor de um salário mínimo, desde o óbito de Aurino até a data em que ele faria 65 anos de idade. E também indenização por dano moral no valor de R$ 10 mil para cada um, totalizando R$ 30 mil. O Tribunal de Alçada Civil do Estado de São Paulo manteve a decisão.

Inconformada, a CBTU recorreu ao STJ. Ao decidir o pedido, o ministro Castro Filho, relator do caso, destacou trecho da decisão de segundo grau. "Ficou demonstrado nos autos que a vítima fatal estava dentro da composição, quando foi atingida por uma pedra, quer tenha entrado pela janela, quer pela porta, se eventualmente estivesse aberta, mas certo é que a vítima estava dentro do trem, e pelo contrato de transporte feito deveria ter preservado sua integridade". E por isso, o ministro julgou improcedente o pedido da CBTU.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)