Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

23/08/2007 18:09

STF torna válidas provas da acusação no caso do mensalão

Humberto Marques/Campo Grande News

Os ministros do Supremo Tribunal Federal rejeitaram, por unanimidade, os argumentos apresentados pelos advogados dos 40 acusados de envolvimento com o esquema de “mensalão”, tornando válidas as provas apresentadas pelo procurador-geral da República, Antônio Fernando de Souza. O julgamento, que entra em seu segundo dia no STF, aprecia até então a validade das provas e das acusações, para obter um veredicto quanto a possibilidade ou não de se construir uma ação penal contra os acusados.

Segundo a Agência Estado, uma das provas apresentadas por Souza acabou descartada, uma vez que o ministro Marco Aurélio Mello alegou que a mesma foi adquirida de forma ilícita: tratam-se dos dados de operações de funcionários do Banco Rural, repassados pelo Banco Central sem autorização da Justiça. A prova foi rejeitada por seis votos a quatro. O relator do processo no Supremo, ministro Joaquim Barbosa, ainda defendeu que as provas implicam dirigentes dos bancos BMG e Rural na “organização criminosa” do esquema.

Com a aceitação das demais provas, os argumentos apresentados pelos 27 advogados de defesa questionando o material apresentado pelo procurador-geral acabaram rejeitados.

O esquema do “mensalão” envolvia pagamentos a parlamentares, para que votassem de acordo com interesses do governo, e foi denunciado pelo ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB/RJ), também acusado de participação e que acabou cassado – ao lado de José Dirceu (PT/SP) e Pedro Corrêa (PP/PE). Outros quatro parlamentares renunciaram para evitar a cassação, e 11 acabaram absolvidos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)