Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

04/12/2008 13:24

STF restringe prisão a devedores de pensão alimentícia

Aline Queiroz - Campo Grande News

Decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) proíbe a prisão civil por dívida, prevista no artigo 5º, inciso LXVII, da Constituição Federal. Por meio do programa “SOS Advogado”, da OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil), o profissional D. C. D., de Mato Grosso do Sul, já havia sido beneficiado por entendimento semelhante e acabou livre da prisão.

Para o presidente da OAB/MS, Fábio Trad, a decisão do STF fortalece uma tendência jurídica de mandar para a cadeia apenas criminosos, cuja liberdade coloque em risco a segurança da população. Segundo Trad, a prisão civil choca com a Constituição e não pode ser utilizada como um instrumento para resolução de problemas de natureza civil.

“O Supremo entende que é preciso solucionar o caso. Se a pessoa não paga pensão é preciso saber se não paga porque não quer ou porque não pode”, argumenta Trad. Ele acredita que, a partir da decisão, poderão ser analisadas, caso a caso, as prisões motivadas pelo não pagamento da pensão alimentícia.

O pai devedor ainda terá prisão decretada, mas na delegacia poderá fazer as justificativas e não ser preso, conforme avaliação do delegado.

O presidente da Ordem explica a decisão do STF pode ser considerada como um “freio” para estas prisões. “O entendimento é para que a prisão seja excepcional”, completa.

Também na sessão de ontem do STF, ficou definido que infiéis depositários podem ser enquadrados na mesma situação.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)