Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

24/05/2006 18:48

STF mantém prisões de envolvidos na Operação Sanguessuga

STF

A ministra Ellen Gracie deferiu liminar para suspender os efeitos da decisão proferida ontem (23/05) pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região, em Brasília, que havia mandado soltar todos os presos na Operação Sanguessuga. A ministra atendeu pedido do procurador-geral da República, Antonio Fernando Souza, na Reclamação (RCL) 4377.

A Justiça Federal, ao mandar soltar os envolvidos, teria alegado que a competência para presidir as investigações seria do STF. A ministra Ellen Gracie, afirmou, no entanto, que “nenhum outro órgão judiciário que não a própria Suprema Corte está autorizado pelo sistema constitucional a impor tal manifestação”.

Assim, deferiu a cautelar salientando que ficam mantidas todas as prisões decretadas pelo Juízo da 2ª Vara Federal da Seção Judiciária do Mato Grosso onde tramitavam os inquéritos e demais procedimentos referentes à Operação Sanguessuga.

O procurador-geral afirmava, no pedido cautelar, que a referida Corte Regional anulou as prisões decretadas em decisão alheia à sua jurisdição. Informava que a documentação relativa ao possível envolvimento dos parlamentares citados nas escutas telefônicas realizadas pela Polícia Federal já foi encaminhada para instauração de inquérito no STF, estando sob cuidadosa análise da própria PGR.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)