Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

08/08/2007 07:26

STF mantém prisão de acusado de crime hediondo

STF

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) indeferiu o Habeas Corpus (HC) 84688, impetrado pela defesa de H.G.J., contra acórdão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que lhe negou o pedido. Trata-se de tentativa de latrocínio (roubo com violência), agravada com o concurso de cúmplices.

Consta dos autos que a prisão preventiva foi decretada, mas o réu fugiu antes de sua captura. Consta ainda que a par da gravidade, o crime a ele imputado é tido como hediondo pela lei penal, que expressamente proíbe a concessão de liberdade provisória em tais casos. O decreto de prisão se baseou na presunção legal do perigo de se manter em liberdade um acusado de crime hediondo, pois “a violência e torpeza da conduta do acusado são claros indicadores de personalidade incompatível com o convívio social, evidenciando que sua liberdade será uma constante ameaça à ordem pública”.

O voto do ministro Cezar Peluso fez constar que a necessidade da prisão cautelar do réu foi razoavelmente fundamentada, acrescentando, ainda, o fato de que o acusado se encontra foragido do distrito da culpa, o que indica a sua vontade em furtar-se da aplicação da lei penal e obstruir o regular andamento da instrução criminal.

A Turma acompanhou o entendimento do relator, indeferindo o habeas.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)