Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/08/2014 11:31

STF manda pagar ajuda de custo para juiz se mudar do interior para Capital

Campo Grande News

Decisão desta semana do STF (Supremo Tribunal Federal) assegurou a um magistrado do Trabalho em Mato Grosso do Sul o direito de receber ajuda de custo para se mudar de Dourados para Campo Grande, distantes 233 quilômetros. Segundo o STF, que não divulgou o nome do juiz, o pedido de auxílio na mudança havia sido rejeitado administrativamente pelo Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região, após consulta ao CNJ (Conselho Nacional de Justiça).

Na seção de terça-feira do STF, a ministra relatora da ação, Cármen Lúcia, afirmou que já há decisão do CNJ no sentido de que a ajuda de custo é devida aos membros da magistratura e, mesmo que esse entendimento tenha sido firmado posteriormente ao pedido apresentado pelo juiz ao TRT-24, não deve haver desigualdade entre as situações.

O juiz havia pedido, ainda, indenização por danos morais, em razão do indeferimento administrativo da ajuda de custo, mas isso foi rejeitado. A decisão favorável ao pedido de ajuda de custo foi unânime. O valor envolvido não foi informado.

Entendimento - No julgamento da ação, o plenário do STF reconheceu sua competência para julgar ação que discute o pagamento de ajuda de custo para despesa de transporte e mudança para juízes. }

Segundo o tribunal divulgou em seu site, “foi aplicado ao caso dispositivo constitucional que torna o STF competente para julgar processos em que todos os membros da magistratura sejam direta ou indiretamente interessados e decidir em ações em que mais da metade dos membros do tribunal de origem estejam impedidos ou sejam direta ou indiretamente interessados.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)