Cassilândia, Segunda-feira, 28 de Maio de 2018

Últimas Notícias

09/10/2012 19:00

STF forma maioria pela condenação de José Genoino

Débora Zampier, Agência Brasil

Brasília – Com o voto do ministro Gilmar Mendes, o Supremo Tribunal Federal (STF) formou hoje (9) maioria de 6 votos a 1 pela condenação do ex-presidente do PT José Genoino por corrupção ativa na Ação Penal 470, o processo do mensalão.

Sétimo a votar, Mendes seguiu integralmente o voto do relator Joaquim Barbosa para, além de Genoino, condenar o ex-ministro-chefe da Casa Civil José Dirceu, o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, o trio de publicitários Marcos Valério, Cristiano Paz, Ramon Hollerbach, a ex-diretora financeira da SMP&B, Simone Vasconcelos, e o advogado Rogério Tolentino, ligado a Marcos Valério.

Mendes dedicou a maior parte de seu voto para falar sobre a situação de Dirceu e Genoino, descartando a tese de que Delúbio agiu sozinho na captação e distribuição de recursos a parlamentares da base aliada. O ministro lembrou que o próprio processo desmente a tese de que Delúbio agiu com autonomia, pois ficou provado que a distribuição de verbas era pautada por acordos políticos fechados entre a cúpula partidária e governista.

O ministro ainda lembrou que o STF já definiu que parte do dinheiro usado no esquema veio de fonte pública, como a Câmara dos Deputados e o fundo Visanet. “Não é factível e crível aceitar que ele [Delúbio] lograria pegar essa renda estatal sozinho, ainda que contasse com a sempre presente colaboração de Marcos Valério”.

Segundo Mendes, vários depoimentos indicam que José Dirceu sempre dava a palavra final em acordos costurados por Delúbio ou Genoino, o que o coloca no centro do esquema. “José Dirceu não só sabia, como contribuiu intelectualmente para sua estruturação”, afirmou o ministro.

Quanto a José Genoino, Mendes lembrou que vários líderes partidários confirmaram negociar com o então presidente petista o apoio à base aliada. Pelo alto cargo partidário que ocupava na época e pelas atividades que desenvolvia, Mendes considera que a declaração de que Genoino “ignorava por completo o centro de distribuição de recursos parece-me menosprezar a inteligência alheia”.

Os únicos réus absolvidos por Gilmar Mendes, seguindo a unanimidade até agora, foram o ex-ministro dos Transportes Anderson Adauto, por falta de provas, e a ex-gerente financeira da SMP&B Geiza Dias, por sua participação menor nos fatos.

Confira placar parcial da segunda metade do Capítulo 6, que trata do crime de corrupção ativa entre políticos do PT e PL e no núcleo publicitário:

1) José Dirceu: 5 votos a 2 pela condenação (Divergência: Ricardo Lewandowski e Antonio Dias Toffoli)
2) José Genoíno: 6 votos a 1 pela condenação (Divergência: Ricardo Lewandowski)
3) Delúbio Soares: 7 votos pela condenação
4) Anderson Adauto: 7 votos pela absolvição
5) Marcos Valério: 7 votos pela condenação
6) Ramon Hollerbach: 7 votos pela condenação
7) Cristiano Paz: 7 votos pela condenação
8) Rogério Tolentino: 5 votos a 2 pela condenação (Divergência: Ricardo Lewandowski e Antonio Dias Toffoli)
9) Simone Vasconcelos: 7 votos pela condenação
10) Geiza Dias: 7 votos pela absolvição

Edição: Lana Cristina

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 28 de Maio de 2018
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)