Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

21/09/2007 14:08

STF deve priorizar processos de pessoas com deficiência

O Supremo Tribunal Federal (STF) comprometeu-se a priorizar o julgamento de processos de interesse de pessoas com deficiência e a promover melhorias em suas instalações para facilitar o acesso delas ao tribunal. Nesta sexta-feira (21), Dia Nacional de Luta da Pessoa Portadora de Deficiência, a mais alta corte do país assinou um termo de adesão à campanha "Acessibilidade – siga essa idéia". Foi o primeiro órgão público a participar da iniciativa.

A campanha, do Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa Portadora de Deficiência (Conade), tem o objetivo de sensibilizar a sociedade sobre a necessidade de eliminar barreiras que dificultem o deslocamento de pessoas com deficiência.

"De nada valerá a excelente legislação preventiva já em vigor, bem como os tratados firmados pelo Brasil, se não contarmos com o Poder Judiciário consciente", disse a presidente do Supremo, ministra Ellen Gracie, que chegou a se emocionar ao assinar o termo.


Quase 25 milhões

Segundo o presidente do Conade, Alexandre Baroni, há no Brasil 24,6 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência, o que representa 14,5% da população. "Para nós é um momento histórico. Acreditamos que o órgão máximo da justiça brasileira, assinando o termo de adesão, tende a induzir os demais órgãos, não só da Justiça mas da sociedade como um todo a também aderir a campanha", disse Baroni.

"Garantimos um passo fundamental, de levar a toda a rede do Judiciário brasileiro nos estados a mesma orientação de, em primeiro lugar, eliminar as barreiras físicas. As pessoas às vezes não podem chegar aos fóruns porque não há rampas. É um passo muito importante", acrescentou o ministro da Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República, Paulo Vannuchi.




G1

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)