Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

04/10/2005 06:39

STF determina continuidade de processos contra deputados

Adriana Franzin/ABr

O ministro Carlos Velloso, do Supremo Tribunal Federal, determinou ontem (3) a continuidade dos procedimentos instaurados contra os sete deputados federais do PT acusados de envolvimento em suposto esquema de compra de votos de parlamentares. Os processos tinham sido suspensos por decisão do ministro Nelson Jobim, presidente do Supremo, para garantir-lhes o direito de defesa.

Segundo informações do STF, a decisão foi tomada porque já se cumpriu o prazo de cinco sessões para que se apresentasse a defesa dos deputados João Paulo Cunha, Josias Gomes da Silva, Professor Luizinho, Paulo Roberto Galvão da Rocha, José Mentor, João Magno de Moura e José Dirceu.

Eles entraram com mandado de segurança no STF, depois que tiveram seus nomes citados no relatório parcial conjunto das comissões parlamentares mistas de inquérito (CPMI) dos Correios e da Compra de Votos, como suspeitos de quebrar o decoro parlamentar. A resolução do ministro Nelson Jobim havia concedido o prazo para que os deputados respondessem às denúncias na Corregedoria da Câmara.

Na mesma determinação, Velloso indeferiu o pedido de inclusão, no mandado de segurança, dos deputados Vadão Gomes, José Janene, Pedro Corrêa e Pedro Henry (PP), e José Borba (PMDB).

As informações são do Supremo Tribunal Federal

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)