Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

25/07/2006 07:16

STF defere liminar para município goiano

STF

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Ellen Gracie, deferiu o pedido de liminar na Reclamação (RCL) 4494, proposta pelo município de São Simão (GO) contra decisão do Juiz da Vara do Trabalho de Jataí (GO). O juiz acolheu manifestação do Ministério Público do Trabalho (MPT) em ação civil pública, e suspendeu a contratação temporária de pessoal sem concurso público, no âmbito do Programa Saúde da Família.

O advogado do município reclamante alega que foi desrespeitada decisão do STF [ADI 3395] que suspendeu "toda e qualquer interpretação do artigo 114, inciso I, da Constituição Federal, que considere a Justiça do Trabalho competente para a apreciação de causas entre o Poder Público e servidores a ele vinculados por relação de ordem estatutária ou de caráter jurídico informativo”.

Em sua decisão, Ellen Gracie destaca que há perigo na demora, uma vez que a Justiça do Trabalho marcou a audiência para o próximo dia 31 de julho. Assim deferiu liminar para suspender o prosseguimento da ação em curso na Vara de Trabalho de Jataí, até o julgamento definitivo da reclamação.

A ministra ainda citou decisões da Corte em ações civis públicas similares, referentes a credenciamentos municipais de pessoal para o Programa de Saúde da Família, quando foram deferidas liminares suspendendo o curso dos processos na Justiça Trabalhista.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)