Cassilândia, Segunda-feira, 28 de Maio de 2018

Últimas Notícias

06/06/2006 15:54

STF autoriza investigar acusados na Operação Sanguessuga

Campo Grande News

O Supremo Tribunal Federal autorizou, hoje cedo, abertura de inquérito contra 15 parlamentares envolvidos na Operação Sanguessuga, deflagrada em maio pela Polícia Federal. A sentença é do ministro Gilmar Mendes atendendo pedido do Ministério Público Federal (MPF).

No despacho, o ministro pede a remessa dos autos ao diretor da Polícia Federal, e determina que em trinta dias seja colhido o depoimento de todos os parlamentares envolvidos e das demais pessoas citadas como intermediárias no esquema. Gilmar Mendes ainda requereu a identificação dos assessores dos parlamentares envolvidos com os fatos em apuração e a tomada de depoimento de todos eles.

Por fim, o ministro deferiu o pedido do Ministério Público nos estritos termos em que formulado, para, segundo ele, se “apurar a ocorrência ou não das supostas práticas criminosas que eventualmente venham a ser imputadas aos indiciados”.

Os 15 inquéritos permanecem em segredo de justiça para garantir a eficácia da investigação. Cabe ao Supremo, a partir de agora, analisar as diligências requisitadas pelo Ministério Público Federal que necessitem de autorização judicial mas a Polícia Federal continua conduzindo as investigações. Com informações do Supremo Tribunal Federal.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 28 de Maio de 2018
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)