Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

05/10/2007 15:46

STF ainda vai julgar pedido de cassação de Geraldo

O STF (Supremo Tribunal Federal) ainda vai julgar o mandado de segurança impetrado pelo PPS pedindo a vacância do mandato do deputado federal Geraldo Resende (PMDB) por infidelidade partidária. Resende trocou o PPS pelo PMDB no dia 7 de agosto. O presidente nacional do PPS, Roberto Freire, impetrou o mandado no dia 4 de setembro.

A assessoria de comunicação do Supremo informou que a decisão deverá ser monocrática, sendo que o relator do mandado, ministro Celso de Mello, deverá decidir se pautando pela decisão do Plenário que ontem (4) determinou que o mandato pertence ao partido ou coligação e não ao eleito pelo sistema proporcional.

No julgamento concluído ontem, esse já tinha sido o entendimento do ministro Celso de Mello, que relatou um dos mandados. Segundo ele, “a troca [de partido] traduz gesto de intolerável desrespeito contra a vontade do povo".

O Supremo decidiu, porém, que a decisão deverá surtir efeito a partir de 27 de março, quando o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) respondeu ao questionamento do DEM determinando que o mandato pertence ao partido ou coligação e não ao parlamentar eleito (pelo sistema proporcional).

Segundo a presidente do PPS de Mato Grosso do Sul, Luíza Ribeiro, no caso de Resende o partido pretende aguardar o julgamento no Supremo do mandado contra ele. Luíza disse também que se for preciso fazer o requerimento junto ao TSE pedindo o mandato de volta a sigla fará. Neste caso, o PMDB continuaria se beneficiando, já que o suplente da coligação é Marçal Filho, presidente do PMDB de Dourados.



Alcindo Rocha - Midiamax

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)