Cassilândia, Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2019

Últimas Notícias

05/10/2007 15:46

STF ainda vai julgar pedido de cassação de Geraldo

O STF (Supremo Tribunal Federal) ainda vai julgar o mandado de segurança impetrado pelo PPS pedindo a vacância do mandato do deputado federal Geraldo Resende (PMDB) por infidelidade partidária. Resende trocou o PPS pelo PMDB no dia 7 de agosto. O presidente nacional do PPS, Roberto Freire, impetrou o mandado no dia 4 de setembro.

A assessoria de comunicação do Supremo informou que a decisão deverá ser monocrática, sendo que o relator do mandado, ministro Celso de Mello, deverá decidir se pautando pela decisão do Plenário que ontem (4) determinou que o mandato pertence ao partido ou coligação e não ao eleito pelo sistema proporcional.

No julgamento concluído ontem, esse já tinha sido o entendimento do ministro Celso de Mello, que relatou um dos mandados. Segundo ele, “a troca [de partido] traduz gesto de intolerável desrespeito contra a vontade do povo".

O Supremo decidiu, porém, que a decisão deverá surtir efeito a partir de 27 de março, quando o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) respondeu ao questionamento do DEM determinando que o mandato pertence ao partido ou coligação e não ao parlamentar eleito (pelo sistema proporcional).

Segundo a presidente do PPS de Mato Grosso do Sul, Luíza Ribeiro, no caso de Resende o partido pretende aguardar o julgamento no Supremo do mandado contra ele. Luíza disse também que se for preciso fazer o requerimento junto ao TSE pedindo o mandato de volta a sigla fará. Neste caso, o PMDB continuaria se beneficiando, já que o suplente da coligação é Marçal Filho, presidente do PMDB de Dourados.



Alcindo Rocha - Midiamax

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 17 de Janeiro de 2019
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
Quarta, 16 de Janeiro de 2019
10:00
Receita do dia
Terça, 15 de Janeiro de 2019
15:53
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)