Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

23/09/2014 17:46

SP tentará comprar Pato em janeiro, mas exige salário abaixo de R$ 800 mil

Uol

Alexandre Pato está emprestado pelo Corinthians ao São Paulo até dezembro de 2015, mas deverá ter a situação definida permanentemente já no mês de janeiro. A diretoria são-paulina quer aproveitar a redução da multa rescisória do empréstimo – de 15 milhões de euros (R$ 45 milhões) para 10 milhões de euros (R$ 30 milhões) – para contratar o atacante definitivamente. O São Paulo, no entanto, vai negociar e exigir que Pato aceite reduzir os salários de R$ 800 mil, dos quais o Corinthians paga metade. A principal preocupação é que os vencimentos do atacante causem um conflito de ciúmes no elenco de 2015, que não terá Kaká e Rogério Ceni.

"Eu pretendo fazer alguma ginástica sobre isso. A partir de janeiro a cláusula cai para 10 milhões de euros. O salário dele é elevado, precisaria negociar com ele, senão vai ter problema com o elenco. Eu queria fazer isso o mais rápido possível, mas tem esse problema de salário, que precisaríamos conversar. Ele ganha R$ 800 mil, isso não existe no futebol brasileiro", afirma o vice-presidente de futebol do São Paulo, Ataíde Gil Guerreiro, que tem total autonomia do presidente Carlos Miguel Aidar para comandar o departamento.

Como apontado pelo presidente nas últimas semanas, no meio da guerra política com Juvenal Juvêncio, o São Paulo não tem hoje valor próximo de R$ 30 milhões para concretizar a transferência, mas enxerga possibilidades. O ponto principal é que Rogério Ceni e Kaká não estarão mais no clube. O goleiro e capitão, aos 41 anos, recebe valor que é teto salarial no elenco. O pagamento do São Paulo por Kaká não é tão alto, mas também superior à grande maioria do plantel.

A pressa do São Paulo por Pato se explica: em dezembro de 2012 o Corinthians pagou 15 milhões de euros (R$ 40 milhões, na época) para tirar o atacante do Milan (ITA), quando estava em baixa e num inferno de lesões consecutivas. Hoje, depois de se tornar um dos principais jogadores do São Paulo, ao lado de Kaká e Paulo Henrique Ganso, Pato está em momento superior. O temor do São Paulo é que a janela de transferências do meio de ano, em julho de 2015, abra brechas para que clubes europeus façam propostas ao Corinthians. Como a movimentação de mercado é menor na Europa durante o mês de janeiro, no meio da temporada, é menos provável que o São Paulo tenha concorrentes no negócio.

"Primeiro preciso ter condições. Hoje não tenho dinheiro para comprar e tem a questão do salário. Nunca falei com o Pato sobre isso. Vamos precisar conversar, mas agora não é o momento", acrescenta Gil Guerreiro.

O momento, no entanto, está para breve. O São Paulo vai definir em outubro o planejamento do futebol para 2015. A expectativa da diretoria é que daqui a 30 dias já seja possível conhecer a receita do clube em patrocínio para o próximo ano – os departamentos comercial e de marketing fecham acordo com a Puma e tentam alinha parceria de patrocínio máster, e esperam concretizar o segundo em outubro. Assim, com panorama de como estará o cofre, Ataíde Gil Guerreiro reunirá o gerente de futebol Gustavo Vieira de Oliveira e o técnico Muricy Ramalho para definir Pato e nomes e posições que deverão ser contratados para a próxima temporada. Isso inclui, também, se um reforço de peso para o lugar de Kaká será procurado.

"O planejamento de todas as posições e não só do Kaká nós pretendemos fazer no comecinho de outubro. É um planejamento para pensar na Libertadores, é total. Pretendo sentar com o Muricy e chegar num acordo", afirma o vice de futebol.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)