Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

02/07/2005 06:12

Sociólogo será transferido para prisão especial no Rio

Vitor Abdala/ABr

O Supremo Tribunal Federal (STF) aceitou ontem o pedido de transferência do sociólogo Pietro Mancini do Presídio Ary Franco para uma prisão especial em Campo Grande, zona Oeste da cidade. Italiano naturalizado brasileiro, Mancini foi preso no dia 22 pela Interpol no Rio de Janeiro a pedido da polícia italiana, que o acusa de terrorismo e de participação em uma manifestação que resultou em assassinato, na década de 70.

A ONG Tortura Nunca Mais divulgou hoje manifesto pedindo a libertação de Mancini, que mora no Brasil há 25 anos e é dono de uma produtora de filmes na zona Sul da cidade. O grupo classifica a prisão de autoritária e pede a libertação imediata dele. O julgamento de Mancini pelo STF só poderá ocorrer quando o governo italiano solicitar a extradição.

Segundo o chefe da Interpol no Rio, delegado federal Wanderley Martins, dois fatos podem pesar a favor de Pietro Mancini: a prescrição e a natureza política do crime, que para a Justiça brasileira não é motivo suficiente para a extradição. "No Brasil, a pena prescreve em 20 anos e ele já está aqui há 25 anos. Além disso, ele alega ser perseguido político na Itália. São duas linhas de defesa que os advogados dele deverão seguir, mas é bom ressaltar que a decisão caberá ao Supremo Tribunal Federal", disse o delegado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)