Cassilândia, Sábado, 23 de Setembro de 2017

Últimas Notícias

15/04/2017 07:40

Sobe para 92 número de mortos após bomba jogada pelos EUA

Midiamax

O lançamento da ‘mãe das bombas’, realizada pelos Estados Unidos em um núcleo do Estado Islâmico (EI) no Afeganistão já resulta na morte de 92 pessoas ligadas ao EI, conforme o jornal O Estado de São Paulo. As informações são de autoridades da Província de Nangarhar, que descartaram vítimas civis.

Nesta sexta-feira o Pentágono divulgou nesta sexta-feira, um vídeo, que mostra o momento do impacto da bomba GBU-43 NO Afeganistão. Conforme a Agência Brasil, 36 pessoas do Estado Islâmico (EI) morreram.

No vídeo, as imagens mostram o artefato caindo na ladeira de uma montanha do distrito de Achin, na província de Nangarhar, com uma potência equivalente a 11 toneladas de TNT. Uma imensa coluna de fumaça e escombros aparece após a explosão, que acontece antes de tocar a terra para criar uma potente onda expansiva capaz de derrubar túneis e bunkers ao gerar um pequeno terremoto.

“No vídeo é possível observar o avanço da onda expansiva em uma área montanhosa e remota do leste afegão na qual o EI, que chama a essa região da Ásia central de Khorasan (província de seu autoproclamado califado), tinha se fortalecido”, explica a Agência Brasil.

A ofensiva foi realizada na noite de ontem (13), às 19h32, no horário local, 12h02 de Brasília. Conforme a Agência Brasil, o número de atingidos ainda é incerto, e podem ser milhares. Informações repassada à Agência EFE por um porta-voz do Ministério de Defesa afegão, Muhammad Radmanish, afirma que morreram “pelo menos 36 membros do EI”.

O porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, declarou que o objetivo era destruir um "sistema de túneis e cavernas" do EI no Afeganistão que "lhes permitia mover-se com liberdade e atacar com mais facilidade os militares americanos e as forças afegãs".

A Agência Brasil explica que a bomba existe desde 2003, mas só havia sido utilizada em testes, e foi elaborada “não só para destruir bunkers e túneis, mas como arma psicológica, pelo impacto que deixa nos sobreviventes”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 23 de Setembro de 2017
Sexta, 22 de Setembro de 2017
Quinta, 21 de Setembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)