Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

06/01/2007 14:47

Sobe para 26 o número de mortos no Rio

Nielmar de Oliveira/ABr

Chega a 26 o número oficial de pessoas mortas em conseqüência da chuva que cai em todo o estado desde a virada do ano. Estradas estão interditas, rios transbordaram e vários municípios estão praticamente ilhados, de acordo com o último boletim emitido pelo Centro de Operações do Departamento Estadual de Defesa Civil.

A chuva que ainda castiga a região Sudeste como um todo, vem causando transtornos principalmente nas regiões norte-noroeste do estado e na serra fluminense. Além dos 26 mortos, o governo do estado confirma que existem 2.044 pessoas desabrigadas e 12.181 desalojados (temporariamente fora de suas casas).

Amanhã (7) o governador Sérgio Cabral se reunirá com todos os prefeitos dos municípios fluminenses atingidos pela chuva. Acompanhado pelo ministro da Integração Nacional, Pedro Britto, o governador buscará soluções para o problema das enchentes, definindo medidas de socorro à população e de recuperação das estradas.

Segundo informações do Palácio Guanabara, o encontro acontecerá na Prefeitura Municipal de Nova Friburgo, às 15 horas, e contará com a presença dos prefeitos de Nova Friburgo, Carmo, Sapucaí, Duas Barras, Areal, São José do Rio Preto, Teresópolis, Cordeiro, Macuco, Cantagalo, São Fidélis, Cambuci, Cardoso Moreira, Itaocara e Petrópolis – os mais atingidos.

Conforme anunciado ontem pelo governador Sérgio Cabral, o governo do estado decretará situação de calamidade pública nos municípios mais castigados pelas chuvas, à medida que as solicitações das prefeituras forem chegando ao Palácio Guanabara.

O objetivo da medida é otimizar o trabalho de auxílio às famílias que estão desabrigadas ou desalojadas, além de agilizar a liberação de tratores e outros equipamentos que serão utilizados na recuperação das rodovias. "As equipes do estado e das prefeituras estão mobilizadas. A Defesa Civil está trabalhando incansavelmente e o Departamento de Estradas de Rodagem já está com o maquinário nas estradas. Além disso, estamos contando também com a ajuda do governo federal", destacou Cabral.

As informações do Palácio Guanabara indicam, ainda, que alagamentos e deslizamentos de terra já deixaram 4.800 desalojados no município de Itaocara; 4.304 em São Fidélis; e 1.150 em São Francisco de Itabapoana, na Região Noroeste.

Na Região Serrana, onde houve 23 mortos, o número de desabrigados chega a 742 e o de desalojados, 739. Nesta região, os municípios mais atingidos são Petrópolis, com 294 desabrigados e 205 desalojados; Cantagalo, com 165 e 130 respectivamente; e Carmo, com 200 desalojados.

Enquanto isto, Equipes do DER (Departamento de Estradas de Rodagem) continuam trabalhando nos trechos afetados pelas quedas de barreiras, priorizando a liberação da passagem de veículos em, pelo menos, meia pista, nas rodovias que estão interditadas. Devido às fortes chuvas que atingiram o estado nos últimos dias, os municípios da Região Serrana foram muito afetados e apresentaram quedas de barreiras e erosões nas rodovias.

O vice-governador e secretário de Obras, Luiz Fernando Pezão, e o presidente do DER, Henrique Ribeiro, estiveram na região acompanhando os serviços e vistoriando os pontos críticos.


Nas pistas interditadas, o trânsito foi desviado e foram feitos os serviços de sinalização. Aproximadamente, 40 homens trabalham com o apoio de retroescavadeiras e pás cavadeiras. O DER está atento às outras regiões do estado, também afetadas pelas chuvas com menor impacto, e mantém equipes de plantão.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)