Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

24/03/2004 09:33

''Só precisa acreditar que pode ser um país arrumado'

Nielmar de Oliveira/ABr

Com um discurso otimista, o ministro da Fazenda, Antonio Palocci, afirmou ontem que o Brasil é um país que não quer ser mais uma economia de idas e vindas, com paradas a cada dois anos para fazer tudo de novo, como tem sido em sua história recente no plano econômico.

"O país já utilizou centenas de experiências econômicas e quando resolveu queimar etapas, correu mais do que as próprias pernas, os preços pagos foram muito altos. Com altíssima inflação e altíssimo crescimento da dívida. E país que tem dívida alta, tem que ter extrema responsabilidade fiscal e extremo equilíbrio para que possa crescer por longo tempo e com segurança", disse.

O ministro da Fazenda participou da solenidade de entrega do prêmio "Faz Diferença", promovido pelo o jornal O Globo.

Palocci reforçou ainda que nenhum país do mundo, em nenhum momento da história, cresceu durante um período longo com inflação alta. "Para nós do governo, o poder não vale uma moeda de dez centavos se com ele o governo não puder garantir que as pessoas tenham direitos e que as crianças possam sorrir. Mas o Brasil não é só o país das dificuldades econômicas, é também o país do extraordinário sucesso do agronegócio; dos grandes artistas e das artes produtivas; é o país da pesquisa de fronteira das células tronco; da pesquisa do genoma; dos desenvolvimentos industriais competivos. Um país, enfim, extremamente viável que só precisa acreditar que pode ser também um país arrumado, equilibrado com crescimento persistente", afirmou.

A entrega do prêmio oferecido pelo jornal aconteceu no Hotel Copacabana Palace e contou também com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que recebeu o prêmio "Faz Diferença" na categoria país, e do ministro Chefe da Casa Civil, José Dirceu.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)