Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

16/11/2004 08:54

Só 5% dos caminhoneiros autônomos fizeram registro

Campo Grande News

A limitação de locais e horários de atendimento em Mato Grosso do Sul estão dificultando o acesso de caminhoneiros autônomos ao Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Carga, obrigatório a partir de dezembro sob pena de multa de R$ 500,00. O relações-públicas do Sindcargas (Sindicato dos Transportadores Autônomos de Cargas), Roberto Sinai, acredita que dos 20 mil autônomos somente 5%, ou seja, cerca de mil, tenham feito o registro. Para os outros 30 mil que atuam junto a transportadoras, afirma, as dificuldades não são tão grandes porque podem fazer através da empresa, todos juntos. Em Campo Grande são somente dois pontos para solicitação do registro, o Sest/Senat, próximo à Avenida Afonso Pena e o Sindicato das Empresas de Transporte, localizado no Jardim América. Além de reclamar que ambos não têm estrutura para receber vários caminhões, Sinai observa que ais sábados, quando os caminhoneiros geralmente não estão na estrada e podem ir atrás do registro, os pontos de atendimento não funcionam. No interior a situação é ainda pior. Somente em Dourados há ponto de atendimento e os caminhoneiros do Bolsão e região de Corumbá são obrigados a percorrer longas distâncias para se regularizarem. “Na região do Bolsão tem uma minoria se cadastrando em São Paulo e na região de Mundo Novo estão indo para Guaíra (PR). Em Corumbá ninguém se cadastrou ainda”, observa.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)