Cassilândia, Sábado, 23 de Setembro de 2017

Últimas Notícias

21/08/2014 07:54

Site de Chapadão afirma que mãe de PM não morreu com tiro, mas sim com paulada

Jovem Sul News

No início da noite desta quarta-feira, 20 de agosto, a Polícia Militar de Chapadão do Sul foi acionada por populares, para averiguar uma morte violenta, ocorrida na Rua M nº 173, Bairro Esperança, em Chapadão do Sul.

Nos fundos da casa, conjugada ao bar existem quitinetes alugadas, pertencente à moradora daquele endereço, Srª Maria Aparecida de Brito.

Ocorre que desde às 05 horas da manhã, quando as pessoas começam a sair para trabalhar, a mulher não havia sido vista. A última vez que a viram foi por volta da zero hora, no seu Bar.

Somente à tarde, quando as pessoas começaram a retornar para o local, resolveram averiguar uma janela de banheiro com os vidros quebrados e demais estrutura arrombada, no sentido de dentro para fora.

Um dos moradores da quitinete resolveu, com o auxílio de um rastelo, com o cabo alongado com uma vassoura, que ele mesmo improvisou, mexeu em um cobertor que estava próximo da porta. Lá estava parte da cabeça da vítima.

A porta de acesso ao interno da casa da vítima não apresentava sinais de arrombamento e estava trancada, sem a chave. O carro da vítima, que estava na garagem, ao lado do bar foi levado, possivelmente pelo assassino. Trata-se de um VW Gol Track, placas OOJ 4491.

Existe um suspeito, cujo nome e identidade já foram descobertos pela Polícia, pois antes ele teria visto a dona do Bar contando dinheiro do fechamento de uma das noites de trabalho e teria ainda em seguida batido na porta para pedir açúcar emprestado. A mulher chegou a fazer este comentário anteriormente e alegou que estava com medo daquele inquilino.

O seu marido trabalha em fazendas e por isso não teria presenciado o crime ou visto a mulher morta durante todo o dia, já que a morte pode ter ocorrido durante a madrugada. Um trabalhador disse que ao sair, logo de manhã avistou a janela quebrada, mas não deu importância para o fato.

A Polícia Técnica foi chamada para colher pistas e autorizar a retirada do corpo para que fosse levado ao IML.

A mulher morta, conhecida como Maria do Bar Dois Corações tinha passagem na Polícia. Ela chegou a ficar presa em Chapadão do Sul por porte ilegal de arma de fogo e foi colocada em liberdade no dia 04 de agosto último passado.

Fonte: Jovemsulnews (Norbertino Angeli)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 22 de Setembro de 2017
Quinta, 21 de Setembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)