Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

18/02/2004 14:08

Sistema on-line vai integrar Procons

Janaina Almada/ABr

Os Procons vão contar com o apoio do Ministério da Justiça para reforçar o atendimento ao consumidor. Eles passarão a trabalhar com o Sistema Integrado de Informação de Defesa do Consumidor (Sindec), que fornecerá dados sobre reclamações contra empresas, bem como referências de julgamento de processos. Até o fim do primeiro semestre, dez estados deverão estar ligados pelo sistema. Espera-se que até o final de 2006, todas as unidades da federação estejam em rede.

De acordo com o secretário de Defesa Econômica, Daniel Goldberg, a integração de armazenamento das reclamações poderão gerar maior eficiência na resolução dos problemas e atuação do Departamento de Proteção de Defesa do Consumidor (DPDC). "O objetivo é consolidar o Sistema Nacional de Defesa do Consumidor. Os Procons irão trabalhar em conjunto com o DPDC e o Ministério da Justiça em um único sistema, nas grandes questões de políticas públicas". Ele aposta que o consumidor terá mais celeridade nos atendimentos e mais eficácia nos resultados.

O diretor do DPDC, Ricardo Morishita, disse que as pessoas, antes de comprar produtos ou contratar serviços, por exemplo, terão acesso ao número de reclamações que a empresa recebe, quais os principais problemas e como os problemas são resolvidos não só em seu estado. Isso poderá ser decisivo na hora da compra”, afirma.

Outra vantagem apontada é no controle do número de reclamações. De acordo com Goldberg, se forem verificadas muitas queixas, a DPDC poderá atuar de forma mais eficaz contra as empresas.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)