Cassilândia, Terça-feira, 27 de Junho de 2017

Últimas Notícias

19/08/2010 14:53

SinMed repudia projeto que põe lista de médicos em posto

Campo Grande News/ Aline dos Santos

O projeto da Câmara Municipal determinado que a lista com os nomes e horários de trabalho dos profissionais de saúde seja afixada nos postos 24 horas provocou repúdio da classe médica de Campo Grande.

De acordo com o presidente do SinMed/MS (Sindicato dos Médicos de Mato Grosso do Sul), Marco Antônio Leite, a proposta foi aprovada na última terça-feira. “O projeto era para colocar as listas em todas as unidades de saúde, depois, uma emenda restringiu aos postos 24 horas”, explica.

O projeto de Lei 6594/09 é de autoria dos vereadores Clemêncio Ribeiro (PMDB), Airton Saraiva (DEM) e Vanderlei Cabeludo (PMDB).

Marco Leite defende que a medida não vai diminuir as filas, não trará nenhuma melhoria nas condições de atendimento nos postos de saúde, além do grande potencial de acirrar as desavenças entre profissionais e pacientes.

Neste ano, a lotação nos postos já ocasionou violência contra médicos da rede municipal. Ele denuncia que a falta de médicos é que compromete o atendimento.

O presidente do SinMed exemplifica com situação das UPAs (Unidade de Pronto Atendimento) do Coronel Antonino e Vila Almeida. Segundo ele, não há condições de atendimento se o local não contar, no mínimo, com cinco clínicos gerais.

Contudo, as unidades funcionam com até três médicos. “Isso é um absurdo, porque vai represar os atendimentos”, salienta. Segundo o sindicato, nas UPAs, um clínico geral atende somente urgências e emergências e os outros profissionais ficam responsáveis pelas demais consultas.

De acordo com Marco Leite, a proposta também terá dificuldade na execução. “Os nomes vão ficar expostos em um painel. E se o médico precisar trocar o plantão com um colega?”, questiona.

O projeto ainda será analisado em segunda votação. “Queríamos era o apoio dos vereadores para um plano de cargos e carreiras, isso sim poderia ajudar a melhorar a situação da saúde”.

O Campo Grande News tentou entrar em contato com os vereadores Airton Saraiva e Vanderlei Cabeludo.
Conforme o projeto, a lista é para “que cada cidadão possa fiscalizar e cobrar um atendimento de qualidade e o cumprimento dos horários”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 27 de Junho de 2017
Segunda, 26 de Junho de 2017
Domingo, 25 de Junho de 2017
15:50
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)