Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

03/09/2004 08:18

Sindjor destaca importância do Seminário para jornalista

TJ/MS

Nos próximos dias 8, 9 e 10 de setembro, os profissionais e acadêmicos de Jornalismo se reúnem no Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul para a realização do 4o Seminário de Direito para Jornalistas, onde estarão discutindo o Papel Social do Judiciário e da Imprensa. O objetivo é promover troca de informações e aproximar os dois órgãos.

Para a Presidente do Sindicado dos Jornalistas de Mato Grosso do Sul (Sindjor-MS), Mônica Ferreira de Souza, o evento é oportuno, considerando que, além da abordagem do tema da mesa redonda, o Denuncismo, haverá palestra enfocando o momento eleitoral. “Os profissionais terão oportunidade de sanar dúvidas sobre a realidade diária que estão vivendo nas redações”, explica Mônica.

Pelo quarto ano consecutivo, o Tribunal de Justiça oferece o Seminário, contribuindo com a continuidade, aprimoramento e enriquecimento dos jornalistas, além de mostrar aos acadêmicos a realidade que irão enfrentar no mercado de trabalho quanto à cobertura de pautas relacionadas ao Poder Judiciário. A Presidente do Sindjor destaca que a área de atuação do profissional da comunicação é abrangente e é praticamente obrigatório estar sempre estudando, o que nem sempre é possível, dada a longa jornada de trabalho diário, portanto é de suma importância valorizar e participar de iniciativas como essa, oportunizada pelo Tribunal de Justiça.

Quanto ao denuncismo, Mônica comenta que muitas vezes não são consideradas as dificuldades enfrentadas dentro da redação, principalmente em relação ao fator tempo. Uma matéria bem apurada, na qual foram ouvidas todas as partes envolvidas, o risco da matéria ser contestada é quase nulo e para isso é preciso ter acesso fácil e rápido às fontes. “Uma matéria bem apurada pode até sofrer algum recurso judicial, mas não haverá nada para contestar”, destaca Mônica.

Segundo Mônica, o jornalista deve ter a humildade de dizer que não sabe e ter a quem recorrer no caso de dúvidas. O seminário tem também essa finalidade, aproximar os profissionais da comunicação dos magistrados, a fim de gerar informações mais fundamentadas à sociedade.

O tema – Na opinião de Mônica, a imprensa, de modo geral, ficou mais investigativa nos últimos anos e isso tem gerado mais ações judiciais, considerando que denúncias geralmente mexem com interesses de pessoas, classes ou categorias. “Isso deve fazer parte da imprensa sempre”, diz a Presidente, que aponta a aproximação dos dois órgãos como uma maneira de melhorar a prestação de serviços à sociedade

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)