Cassilândia, Domingo, 19 de Maio de 2019

Últimas Notícias

17/04/2019 09:40

Sexta-Feira Santa sem pesquisa de preços pode sair até 181% mais cara

Campo Grande News

Pesquisa do Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) divulgada nesta terça-feira (16) aponta variação de até 181,70% nos preços de pescados, alimento tradicionalmente consumido na Semana Santa. O levantamento foi realizado em 15 estabelecimentos de Campo Grande.

Pelo menos cinco itens tiveram diferença acima de 100%. O maior deles foi à sardinha espalmada de 800g. O mais barato foi encontrado por R$ 7,80 no Assaí e o mais caro por R$ 21,98 no Walmart. A segunda variação mais alta foi registrada na merluza filé 500g, custando de R$ 9,90 no Walmart a R$ 24,39 no Extra, diferença de 146,36%.

O quilo da tilápia filé ficou entre R$ 14,98 no Comper a R$ 34,90 no Extra, variação de 132,98%. Já a tilápia 800g vai de R$ 19,90 na Peixaria Moura a R$ 42,49 no Carrefour. No bacalhau dessalgado 500g a variação foi de 113,92%. O mais em conta foi encontrado no Extra por R$ 16,59 e o mais caro chegou a R$ 35,49 no Carrefour.

Conforme o Procon-MS, foram pesquisados 59 itens entre 1º e 10 de abril. O mesmo levantamento traz a comparação de preços médios dos produtos entre o ano passado e 2019.

A maior diferença foi encontrada no valor do tambaqui de cativeiro com vísceras, passando de R$ 9,90 para R$ 14,39, aumento de 45,35%. Do outro lado, o quilo do bacalhau mohua foi quem teve a maior queda, caindo de R$ 100,25 para R$ 74,91, redução de 25,28%.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 19 de Maio de 2019
13:49
Costa Rica
10:00
Receita do Dia
09:00
Santo do Dia
05:03
Campeonato Brasileiro de Futebol
Sábado, 18 de Maio de 2019
09:00
Santo do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)