Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

26/03/2015 08:42

Setor produtivo de MS marca reunião para pedir apoio da bancada federal

Campo Grande News

O setor produtivo de Mato Grosso do Sul quer se reunir com a bancada federal estadual para pedir apoio à regulamentação da terceirização no segmento. Eles também querem que os parlamentares os ajudem a ir contra as políticas econômicas impostas pelo Governo Federal.

Ontem, o presidente da Fiems (Federação da Indústria de MS), Sérgio Longen participou de reunião no Congresso Nacional e agendou o encontro em que representantes das Federações do Comércio, Empresas, Agricultura e Pecuária, também participem. As entidades não divulgaram data para a reunião.

“O deputado federal Vander Loubet (PT), coordenador da bancada federal do Estado, confirmou a realização do encontro nos próximos dias para que possamos reivindicar a mobilização do Congresso Nacional contra o ajuste fiscal proposto pelo Governo Federal e a favor da aprovação do Projeto de Lei nº 4.330/2004, que regulamenta a terceirização e ajudará a reduzir conflitos nas relações do trabalho e a melhorar o ambiente de negócios brasileiro”, disse Sérgio Longen.

Ontem, Longen também se reuniu com os senadores Waldemir Moka (MS) e Romero Jucá (RR) e a deputada federal Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias (MS), para já pedir o apoio deles ao setor produtivo contra a atual política econômica do Governo Federal. “Na opinião do senador Moka, da forma como está, o ajuste fiscal dificilmente passará pelo Congresso Nacional”, afirmou.

Terceirização - Com relação à terceirização, o presidente da Fiems afirma que a falta de regulamentação sobre o assunto pressiona os direitos trabalhistas e os salários dos trabalhadores, colocando sob risco constante milhões de empregos formais em toda a economia. “A regulamentação da terceirização é um dos pilares para que a economia brasileira seja mais competitiva no mercado mundial e uma medida capaz de estimular a atividade produtiva e o emprego no longo prazo”, pontuou.

Ele acrescenta que mais de metade da indústria brasileira seria prejudicada com uma eventual proibição à terceirização, com perda de competitividade ou até fechamento de uma ou mais linhas de produção. “Regulamentar significa estimular a atividade produtiva, preservando empregos e renda”, garantiu.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)