Cassilândia, Sexta-feira, 07 de Agosto de 2020

Últimas Notícias

12/01/2020 16:00

Setor de postos de combustíveis lidera ranking de multas aplicadas em 2019

Governo de SP

 

A Fundação Procon-SP, vinculada à Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado, divulgou o balanço das atividades promovidas em 2019, com destaque para a área da fiscalização. Foram realizados 27 mil atos fiscalizatórios, que resultaram em 6,7 mil autos de infração, totalizando R$ 331 milhões em multas aplicadas.

O setor de postos de combustíveis foi o primeiro colocado nesse tipo de penalidade: R$ 12.932.274,16. O segmento de hipermercados (acima de 15 caixas) ficou no segundo lugar, com R$ 8.759.113,34, seguido dos supermercados (até 15 caixas), com R$ 8.575.314,68.

“O objetivo da instituição não é multar, mas a aplicação da penalidade se torna necessária quando o fornecedor descumpre a lei. O Procon-SP é um órgão independente, que, além de não custar nada para o Governo, repassa a arrecadação e contribui com o orçamento do Estado”, explica o diretor-executivo do Procon-SP, Fernando Capez. Em 2019, foram repassados R$ 58 milhões ao Governo de São Paulo.

No ano passado, a nova gestão criou súmulas vinculantes, que uniformizam o entendimento sobre a aplicação do Código de Defesa do Consumidor. “Com as súmulas vinculantes, os fornecedores têm conhecimento sobre o entendimento do Procon-SP, o que traz mais segurança jurídica, previsibilidade ao mercado e, consequentemente, maior proteção ao consumidor”, salienta o diretor-executivo.

O novo site oferece outros serviços para os consumidores, como o canal para denúncias sobre maus tratos contra os animais, o ranking de perturbadores e o Não Me Ligue – atualmente com 2,4 milhões de telefones cadastrados para não receber ligações de telemarketing de todos os setores do mercado.

Reuniões de trabalho

O Procon-SP fez reuniões de trabalho com setores sensíveis e mais questionados pelos consumidores, como telefonia (que segue como sendo a área mais reclamada), instituições financeiras, operadoras de planos de saúde, companhias aéreas e comércio eletrônico, para discutir o diagnóstico dos problemas e a diminuição das queixas com soluções mais rápidas.

A Escola de Proteção e Defesa do Consumidor, também lançada em 2019, disponibiliza gratuitamente no canal do YouTube aulas sobre direitos dos consumidores, com palestras ministradas pelos especialistas da casa, conteúdos educativos, aulas de professores e autoridades.

“A criação da escola tem como objetivo levar aos fornecedores e consumidores aquilo que o Código de Defesa do Consumidor determina”, destaca Fernando Capez. Ainda no campo da educação, a instituição realizou 390 atividades, entre oficinas, cursos e palestras, atingindo um público de mais de 22 mil pessoas.

O Procon-SP foi mencionado em mais de seis mil matérias veiculadas em TVs, rádios, jornais, sites e revistas, sendo 60% desses veículos de abrangência nacional, em grande parte com entrevistas e depoimentos de porta-vozes da instituição.

Em 2019, também foi criada a TV Procon-SP e lançado o Podcast “É Direito do Consumidor”, ambos para levar a informação sobre os direitos dos consumidores de uma maneira mais simples, rápida e clara para os cidadãos.

Foram assinados 73 convênios para criação de Procons municipais, totalizando 350 cidades no Estado com Procons conveniados. Também foi assinado o primeiro convênio com um consórcio de municípios, o Consórcio Intermunicipal Grande ABC, que reúne os municípios de Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra.

Missão

Em 2019, o Procon-SP seguiu a missão de promover o equilíbrio e a harmonia no mercado de consumo, por meio da educação, defendendo o consumidor de práticas incorretas, incentivando a criação de órgãos municipais, fiscalizando e punindo as empresas que não respeitam a legislação.

Com mais modernidade, tecnologia e agilidade, os consumidores de São Paulo tiveram acesso a novos serviços que garantem o acesso às informações e orientações sobre seus direitos.

No atendimento ao cliente, o investimento em tecnologia foi o foco. O aprimoramento do aplicativo e o lançamento do novo site asseguraram menos burocracia e mais agilidade: o tempo de solução foi reduzido para dez dias; 1,3 milhão de consumidores foram atendidos em todo o Estado. No Programa de Apoio ao Superendividado, foram realizados mais de quatro mil atendimentos, entre renegociações de dívidas e orientações.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 07 de Agosto de 2020
Quinta, 06 de Agosto de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)