Cassilândia, Sábado, 23 de Setembro de 2017

Últimas Notícias

22/07/2005 16:07

Setor agrícola continua insatisfeito com auxílio federal

Aline Rocha / Campo Grande News

Com a avaliação de ontem a respeito da ajuda prestada pelo governo federal, o setor agrícola ainda está insatisfeito com as medidas tomadas até agora pelo governo para reduzir os efeitos da crise na agricultura.
Conforme informações da CNA, nem o anúncio de prorrogação das dívidas de custeio para produtores da Bahia e do Centro-Oeste agradou totalmente. Eles querem que o benefício se estenda a todo País.
"Solicitamos a prorrogação do custeio para todo o país", disse Carlos Sperotto, vice-presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), que apresentou, na quinta-feira, um balanço das medidas tomadas após o tratoraço de junho.
Na terça-feira, o governo anunciou a prorrogação do custeio de 2004/05 para produtores de arroz, soja, algodão, milho, trigo e sorgo do Centro-Oeste e da Bahia. Pela medida, as parcelas vencidas e vincendas de junho, julho e agosto de 2005 poderão ser liquidadas em março e abril de 2006.
Ontem, o governo anunciou a liberação de R$ 3 bilhões aos produtores. A liberação também recebeu críticas. O motivo é que o governo tinha anunciado inicialmente R$ 1 bilhão e depois mais R$ 3 bilhões para produtores renegociarem dívidas com fornecedores de insumos. Esses últimos R$ 3 bilhões, no entanto, "viraram R$ 2 bilhões", segundo Sperotto.
A CNA considera positiva a publicação da regulamentação das operações com recursos do FAT no Diário Oficial, o que permitirá que elas comecem a ser contratadas na próxima semana. Outra medida considerada positiva foi o compromisso da regulamentação da importação de agroquímicos do Mercosul e das operações de drawback, o que pode reduzir os preços desses produtos. Com informações do Valor Econômico.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 23 de Setembro de 2017
Sexta, 22 de Setembro de 2017
Quinta, 21 de Setembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)