Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

27/07/2015 14:00

Sete dicas para fortalecer o esmalte dos dentes

Portal Segs

 

Engana-se quem pensa que o esmalte dos dentes está relacionado tão-somente à aparência de uma pessoa. Muito mais do que isso, o esmalte é o tecido mais mineralizado do corpo e protege camadas internas vitais para os dentes: a dentina e a polpa dentária. Quando ocorre erosão, os riscos de cárie aumentam consideravelmente. Trata-se de uma perda muito agressiva para a saúde bucal, podendo desencadear dor e sensibilidade exagerada, além das manchas que comprometem a aparência. A restauração do esmalte e da dentina exige muito do profissional e do paciente – que terá de investir bastante tempo e recursos na recuperação do sorriso. Por isso, Marina Tosta, professora de Endodontia da Escola de Aperfeiçoamento Profissional da APCD (Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas) dá sete dicas para manter o esmalte dental saudável:

1. Diminua a ingestão de açúcar em alimentos e bebidas. “É importante saber que o açúcar presente em comidas e bebidas irá alimentar as bactérias presentes na boca. Como resultado da atividade delas, irá aumentar a produção de ácido - que ataca primeiramente o esmalte dos dentes, podendo resultar em lesões de cárie e outros problemas orais mais graves”.

2. Controlar a ingestão de sucos cítricos, refrigerantes diet e energéticos. “Mesmo aquilo que nos parece inofensivo, como um refrigerante sem açúcar ou um suco de laranja, por exemplo, incorrerá no mesmo problema de aumento de acidez no ambiente bucal, resultando no enfraquecimento do esmalte e no surgimento de cárie. A melhor pedida, então, é tomar água durante as refeições. A acidez do refrigerante advém do ácido cítrico e do ácido fosfórico. Se o consumidor não tiver uma higiene bucal correta e regular, a constante exposição a essa acidez poderá causar erosão dental”.

3. Incorpore ao cardápio alimentos que fortalecem o esmalte do dente. “Alimentos ricos em cálcio não só mantêm ossos e dentes fortes, como combatem a acidez bucal. Por isso, é fundamental incluir leite, queijo e outros produtos similares na alimentação diária. Quem está preocupado com a balança pode optar por itens com baixo ou nenhum teor de gordura”.

4. Durante a escovação, evite excessos. “Algumas pessoas costumam escovar os dentes de forma tão rápida e vigorosa que acabam comprometendo o esmalte dos dentes. Sendo assim, vale dizer que a escovação deve ser realizada de forma suave, com a escova de dentes num ângulo de 45 graus em relação à gengiva. Outra dica importante é aguardar pelo menos uma hora antes de escovar os dentes depois de ter ingerido doces ou sucos cítricos. Como o ácido pode ‘amolecer’ o esmalte, escovar os dentes logo em seguida pode contribuir para danificá-los”.

5. Trate azia e desordens alimentares sem demora. “Quem sofre de azia ou acidez no estômago, sentindo frequentemente um gosto ácido na boca, deve saber que esse suco gástrico em contato com os dentes contribui demais para a erosão dental. Por isso é tão comum encontrar pessoas com problemas digestivos e dentes manchados ou altamente sensíveis”.

6. Trate a ‘síndrome da boca seca’. “Quanto mais o tempo passa, mais a boca fica ressecada. Para se ter uma ideia, uma pessoa com 60 anos tem metade da quantidade de saliva de um jovem. Com a boca seca, não só a deglutição se torna mais difícil, como a resistência bucal diminui. A síndrome da boca seca acelera o aparecimento de cárie, infecções bucais e, principalmente, gengivite. Por isso, é importante ter uma excelente higiene oral, contando com enxágues bucais diversas vezes ao dia, além da ingestão de líquidos e de alimentos com alto teor de água”.

7. Evite atritar os dentes. “Tem gente que sofre de bruxismo, que é o ranger noturno dos dentes. Mas tem também aquelas pessoas que atritam os dentes durante o dia, até mesmo sem perceber. Trata-se de um problema que precisa ser devidamente tratado, sendo que, no mínimo, poderá estragar o esmalte dos dentes. Por isso, ao mínimo sinal de bruxismo, procure um cirurgião-dentista e mantenha consultas regulares a cada seis meses”.

Fonte: Dra. Marina Tosta, cirurgiã-dentista, professora de Endodontia da Escola de Aperfeiçoamento Profissional da Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas – www.apcd.org.br/eap

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)