Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

25/01/2015 19:11

Servidores poderão ser negativados por falta de pagamento de emprestímo

João Pamplona

Cerca de 44 mil servidores públicos estaduais poderão ficar com o nome sujo em decorrência da falta de pagamento pelo governo do Estado de empréstimos consignados contratados junto às instituições financeiras. O montante devido ultrapassa R$ 51 milhões.

Conforme apurado pelo Campo Grande News a situação é decorrente de um “erro” nas transações bancárias ocorrido no fim do mandato do ex-governador André Puccinelli (PMDB) que resultou no não pagamento dos empréstimos consignados contratados por cerca de 44 mil servidores, que deveria ser feito na folha do mês de dezembro.

Os valores devidos representam um montante que ultrapassa R$ 51 milhões. O que preocupa, conforme apurado pelo Campo Grande News, é que não há previsão para que esse débito seja quitado. Bem como, não foi deixado recursos em caixa para este fim.

O secretário estadual de governo, Eduardo Riedel, confirmou a existência do problema e segundo ele o impacto está sendo avaliado pela Secretaria de Fazenda. Conforme Riedel, o montante realmente deixou de ser pago, no entanto, o governo avalia uma solução para que os servidores não fiquem prejudicados.

O secretário de fazenda, deputado federal licenciado, Márcio Monteiro, foi procurado por telefone, mas até o fechamento desta matéria não atendeu e nem retornou às ligações.

 

Campo Grande News

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)