Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/10/2015 17:53

Servidores levam caixão para frente de prefeitura

Redação
Em torno de 50 servidores protestam com caixão em Deodápolis  (Foto: Divulgação)Em torno de 50 servidores protestam com caixão em Deodápolis (Foto: Divulgação)

Servidores municipais de Deodápolis, distante 264 quilômetros de Campo Grande, estão de greve há 27 dias e na manhã desta terça-feira (6) fizeram um protesto na frente da prefeitura local levando um caixão de verdade e encenaram um velório, em alusão ao que eles mencionaram como "a morte do serviço público na cidade".


Além da negociação para aumento salarial na ordem de 11%, uma parte dos servidores hoje recebe salário abaixo do mínimo, que é de R$ 788 mensais. "Tem gente ganhando R$ 711, R$ 741, R$ 781. Enquanto isso, o salário da prefeita é de R$ 12 mil, os secretários recebem R$ 4 mil e o vice recebe R$ 6 mil", explicou a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Deodápolis, Irene Prates de Souza Pagliarini.A prefeitura da cidade tem 262

funcionários efetivos e até o mês passado estava com 169 comissionados, ou seja, mais da metade dos concursados. Houve cortes e agora o número está em 120 contratados em comissão, informou o sindicato.


No protesto da manhã, em torno de 50 servidores fizeram a encenação e carregaram o caixão pelas ruas de Deodápolis. O sindicato entrou na Justiça Estadual em 28 de setembro pedindo que o judiciário tente intermediar uma reunião de conciliação.


A prefeita Maria das Dores de Oliveira Viana (PT) disse que entende que a greve tem motivação política e está trabalhando para se chegar a um acordo. "Vamos montar uma comissão para tratar disso. Basicamente o que não está funcionando são as creches, outros setores não aderiram", disse. Sobre o pagamento abaixo do mínimo, ele contestou. "São os encargos que são descontados." Ele destacou que mais comissionados serão demitidos e um novo concurso público precisará ser feito.

 

Matéria de autoria de Rodolfo César, Correio do Estado

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)