Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

21/06/2004 20:19

Servidores do Judiciário esperam contraproposta

Nádia Faggiani / ABr

Os servidores do Judiciário participaram de assembléia na Praça dos Tribunais, em Brasília, para debater o andamento da greve iniciada no último dia 9 de junho. De acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do DF (Sindjus-DF), Roberto Policarpo, a greve só termina se o governo conceder o reajuste pedido de 30% na Gratificação de Atividade Judiciária (GAJ), a partir de 1 de maio.

O governo federal assinalou que vai negociar, mas que o reajuste vai custar R$ 450 milhões aos cofres públicos. O sindicalista Roberto Policarpo disse que a Casa Civil entraria em contato com o Ministério do Planejamento e o Ministério da Fazenda, para, juntos, apresentarem a contraproposta do governo até a noite desta segunda-feira.

As assessorias de imprensa da Casa Civil e da Fazenda informaram que a competência da questão está com o Ministério do Planejamento. Procurada, a assessoria do Planejamento afirmou que o ministério não vai se pronunciar e que a questão só será tratada pelo próprio poder judiciário. Mesmo que a contraproposta do governo saia hoje, a categoria terá de realizar nova assembléia para decidir se acaba com a paralisação.

Os servidores estão em greve também nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Maranhão, Bahia, Pará e Mato Grosso. A categoria afirma que desde junho de 2002, sofre uma defasagem de vencimento em relação ao Ministério Público. Os grevistas têm apoio dos ministros dos tribunais superiores e do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), que têm como interlocutor o ministro do Superior Tribunal Federal (STF), Nelson Jobim.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)