Cassilândia, Sábado, 22 de Julho de 2017

Últimas Notícias

19/08/2004 15:30

Servidores do Incra terão carreira reestruturada

Daniel Lima/ABr

Os ministros Guido Mantega, do Planejamento, e Miguel Rosseto, do Desenvolvimento Agrário, assinaram hoje com representantes do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) termo de compromisso para viabilizar a reestruturação da carreira dos servidores do órgão.

Pelo acordo, passam a ser criados os cargos de nível superior, de analistas de Reforma e Desenvolvimento Agrário e Administrativo, e o cargo de nível intermediário, de Técnico em Reforma e Desenvolvimento Agrário.

Com a reestruturação, Guido Mantega estima que mais 4,5 mil vagas vão ser abertas no Incra para revitalizar o instituto. A gratificação máxima relativa à classe especial de nível superior será de R$ 3,5 mil e a mínima para auxiliar ficará em R$ 90,15.

“A medida dá condições para que o Incra cumpra a missão histórica que lhe é atribuída pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário e pelo presidente da República, que é realizar no país, finalmente, a reforma agrária”, disse Mantega.

Ele afirmou, também, que o governo e o presidente Lula continuam a luta para implantar o crescimento econômico com inclusão social, voltada para os segmentos mais pobres da população, o que passa pela realização da reforma agrária.

Segundo o ministro, é importante notar que, neste momento, o país desperta de um longo sono. “Desperta de uma letargia de 20 anos, com o gigante adormecido despertando para o desenvolvimento”, afirmou. “Naturalmente, nós queremos hoje um desenvolvimento diferente daquele que houve ao longo de todo o nosso passado - concentrador de renda, que excluía os pobres e as classes despossuídas”, acrescentou.

“A reforma agrária é uma das prioridades máximas do governo Lula e eu diria que está entre as cinco prioridades do governo, justamente pelo seu impacto social e pela sua repercussão”, disse Mantega.

Já Miguel Rosseto, do Desenvolvimento Agrário, elogiou o Ministério do Planejamento pela nova conduta com os sindicatos dos servidores públicos. “Enterramos a agenda neoliberal com condutas como essa, que não confunde papéis, que sabe que temos responsabilidades institucionais distintas”, afirmou. Rosseto disse também que o atual governo tem colocado no passado a agenda de desrespeito aos servidores e de desconstrução do estado. “Estamos construindo um outro estado, a partir desses avanços que estamos materializando nesse acordo”, concluiu.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 22 de Julho de 2017
10:00
Receita do dia
Sexta, 21 de Julho de 2017
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do dia
Quinta, 20 de Julho de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)