Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

02/09/2004 08:15

Servidores das universidades retornam ao trabalho

Marina Domingos/ABr

Os servidores técnico-administrativos das universidades e das escolas de ensino médio federais assinaram ontem termo de compromisso com os ministérios do Planejamento e da Educação que põe fim à greve que durou mais de dois meses. “Foram atendidas reivindicações de mais de quinze anos”, destacou o ministro da Educação, Tarso Genro.

O termo estabelece reajuste salarial de 50% em média e eleva o piso da categoria dos atuais R$ 492,00 para R$ 701,98 a partir de março de 2005. O documento ainda estabelece o índice para mudança de cargos e funções (step) em 3%, chegando a 3,6% em 2006. No total, o governo federal já investiu R$ 709 milhões para os salários deste ano e pretende aplicar mais R$ 341 milhões em 2005 e R$ 365 milhões em 2006.

Além do reajuste, os servidores conseguiram do governo o compromisso de enviar, até o próximo dia 15, ao Congresso Nacional, o projeto de lei que estabelece o Plano de Carreira da categoria. “Os trabalhadores não estão frustrados pelo movimento que fizeram e nós correspondemos de maneira eficiente a essas demandas, outorgando conquistas que eles mereceram”, ressaltou o ministro.

Para o coordenador-geral da Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores em Educação das Universidades Brasileiras (Fasubra), Edvaldo Rosas, as negociações foram um avanço e a aprovação do Plano de Carreira será um passo importante para o fortalecimento da categoria. “O plano de carreira incentiva você a estudar, a se capacitar e melhorar o atendimento à população. Resgata o papel da cidadania”, disse Rosas.

Segundo ele, os funcionários devem voltar imediatamente ao trabalho, dependendo apenas das decisões de suas assembléias setoriais. A expectativa é de que as atividades das universidades públicas já estejam normalizadas após o feriado de sete de setembro. “As assembléias vão deliberar na próxima semana, para sair de forma unificada a partir de segunda ou quarta-feira da semana que vem”, informou o coordenador-geral.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)