Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

02/05/2007 16:01

Servidores da PF ameaçam com nova paralisação

Campo Grande News

Servidores do setor administrativo da Polícia Federal aguardam para o final da tarde de hoje (02) decisão do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) para pedido de antecipação da audiência marcada para o dia 17 desse mês.

Caso a antecipação não ocorra, uma paralisação geral está marcada para os dias 7 e 8 de maio em todo país, de acordo com a presidente do Sindicato Nacional dos Servidores do Plano Especial de Cargos da Polícia Federal (Sinpec-PF), Hélia Cassemiro.

O protesto é pela reestruturação do Plano Especial de Cargos (PEC). De acordo com o sindicato, entre os problemas enfrentados pela categoria está o aumento da terceirização e o desvio de função.

"Nós gostaríamos de antecipar a data do dia 17 pela urgência em discutir a organização da atividade meio da Polícia Federal. Enquanto isso não acontece, a terceirização se alastra, há desvio de função e o policial passa a fazer a nossa função administrativa e isso culmina num gasto muito maior para a União”, explica a presidente do Sinpec.

Hélia Cassemiro acredita que com a organização da atividade meio e com a reestruturação o governo irá economizar, “repercutindo” no contribuinte um serviço mais ágil. Hoje, são 3,5 mil servidores exercendo atividades administrativas e mais de 2 mil terceirizados. Segundo a sindicalista, o último concurso ocorreu em 2004 e apenas 1.832 servidores foram aprovados, não cobrindo o número de funcionários terceirizados, principalmente nos estados.

“Pedimos ao governo que agilize o reinício dos trabalhos, porque desde 2005 nós estamos pedindo essa reestruturação. O plano foi criado sem cargos próprios, sem tabela de vencimentos própria e desses 1.832 concursados mais de 500 servidores já foram para outros órgãos com carreira organizada e estruturada.”

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)