Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

28/04/2014 14:15

Servidores da Justiça Federal, Eleitoral, do Trabalho e Militar entram em greve

Campo Grande News

Servidores do Judiciário Federal – Justiça Eleitoral, Justiça do Trabalho, Justiça Federal e Justiça Militar – e do MPU (Ministério Público da União) entram em greve, a partir do dia 5 de maio, em Mato Grosso do Sul e em pelo menos outros 15 estados do Brasil.

Além de MS, os estados do Acre, Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, São Paulo e Piauí devem ter as atividades paralisadas por tempo indeterminado.

Conforme o Sindjufe/MS (Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal e MPU do Estado), a greve geral foi deliberada em assembleia geral extraordinária na última quarta-feira (23), por meio da Coordenação Geral.

A pauta do movimento trabalhista pede que quatro reivindicações: a primeira pede que a parcela de reajustamento da GAJ (gratificação), concedia aos servidores do Poder Judiciário Federal, prevista para Janeiro de 2015, seja antecipada para julho deste ano.

Os servidores ainda pedem, no segundo item, a fixação de uma data base para reajustamento das remunerações dos servidores públicos federais; eles também querem que o STF (Supremo Tribunal Federal) e o MPU, através de atos concretos, providenciem a aprovação de Plano de Cargos e Remuneração, com os necessários reajustes dos vencimentos da Categoria dos servidores do Judiciário Federal e Ministério Público da União.

E por último, solicitam pela aprovação imediata da PL-7027/2013 que dispõe sobre a isonomia dos chefes de cartórios dos Tribunais Regionais Eleitorais.

“Tal situação somente foi gerada pela culpa exclusiva dos representantes do Poder Judiciário e Poder Executivo, que paulatinamente vêm desrespeitando os direitos dos Servidores Públicos Federais”, informou o Sindjufe/MS, por meio de nota oficial à imprensa.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)