Cassilândia, Terça-feira, 19 de Novembro de 2019

Últimas Notícias

08/11/2019 06:33

Servidor público que estiver com título irregular pode ficar sem salário

Jovem Sul News

A Prefeitura Municipal de Chapadão do Sul informa que o servidor público que estiver irregular com seu título de eleitor pode ter uma série de prejuízos, inclusive o não recebimento de salário. De acordo com informações da assessoria do TRE-MS, é preciso conferir se o município está em revisão de eleitorado, ou seja, com a biometria obrigatória, se o eleitor não fizer o cadastramento biométrico no prazo estipulado por cada município, o título será cancelado.

Em caso de servidores públicos é possível haver restrição no pagamento do salário. Sendo assim, o cidadão que tiver o título cancelado não poder exercer o direito do voto, não poderá assumir cargos em concursos públicos, fazer inscrições em instituições públicas de ensino, tirar passaporte ou CPF, e se o eleitor recebe algum benefício do governo e este exige o título ativo, o mesmo poderá ser cancelado, dentre outros empecilhos.

Para descobrir se o título possui alguma pendência, o servidor público precisa consultar o site do TER-MS. Para a regularização da situação, é necessário que o servidor compareça ao respectivo cartório eleitoral do município.

A consulta dos dados também pode ser feita no Portal do TSE. Bastar informar o nome completo e a data de nascimento para conferir a situação eleitoral.

Confira as consequências do título cancelado, de acordo com TRE-MS:

A suspensão do pagamento de salário, no caso de servidores públicos;

O passaporte não será obtido;

Restrições na declaração do imposto de renda;


O eleitor em geral pode ser proibido de participar de concorrência pública ou administrativa e impedido de obter empréstimos junto aos bancos estatais.

Ser impedido de tomar posse em cargo ou função pública;

Ser proibido de renovar a matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo Governo;

Ficar impossibilitado de praticar qualquer ato que exija quitação do serviço militar;

Não conseguir emitir a certidão de quitação eleitoral;

Ficar impedido de obter qualquer documento de repartição diplomática a que estiver subordinado.

Fonte:Assecom /PMCHS

 

NOTA DA REDAÇÃO: e não será apenas em Chapadão do Sul.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 19 de Novembro de 2019
09:00
Santo do Dia
08:30
Cassilândia
Segunda, 18 de Novembro de 2019
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)