Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

24/02/2005 13:47

Servidor acata reajuste da Cassems mas negociação segue

Thaísa Bueno / Campo Grande News

Os servidores públicos da Cassems (Caixa de Assistência dos Servidores de Mato Grosso do Sul) decidiram hoje, em Assembléia que acabou agora há pouco no auditório do Colégio Dom Bosco, acatar o reajuste da contribuição para custear o plano de saúde dos funcionários públicos de Mato Grosso do Sul. Em votação, 90% dos trabalhadores aprovaram a elevação de 3% para 5,25% no desconto da folha, um reajuste de 2,25%. O aumento será cobrado de forma escalonada. O primeiro reajuste, correspondente a 1% será repassado à folha de março; outro 1% em maio, e restante em junho. Apesar do aumento estar acertado, o presidente da Comissão que negocia o reajuste, José Maria Garcia Filho, garante que as conversas com o governo do Estado continuam. Conforme ele, o secretário de Gestão, Ronaldo Franco, ficou de estudar a possibilidade de custear parte dessa despesa, em reunião ontem à tarde, na Governadoria. Com o reajuste aceito pelos funcionários públicos a Cassems se compromete a atualizar a CBHPM (Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos), tabela que faz a revisão dos valores cobrados em todos os serviços médicos, e com isso regularizar o atendimento na Capital e no interior, inclusive, promover o recadastramento das especialidades que deixaram de atender por conta da defasagem dos preços. O impasse já dura mais de um ano e envolve o descredenciamento de especialidades como ortopedia e geriatria, deixando sem atendimento os associados. A Cassems é responsável pelo atendimento médico dos 130 mil usuários.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)