Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

23/08/2014 16:04

Serra Leoa torna crime esconder vítimas do vírus ebola

Portal Terra
Um agente de saúde do Médicos Sem Fronteiras alimenta uma vítima do ebola em um centro de tratamento de Serra Leoa (Foto: Dunlop/UNICEF / Reuters)Um agente de saúde do Médicos Sem Fronteiras alimenta uma vítima do ebola em um centro de tratamento de Serra Leoa (Foto: Dunlop/UNICEF / Reuters)

O Parlamento da Serra Leoa transformou em crime, sujeito a pena de dois anos de prisão, esconder vítimas de ebola, em uma tentativa de parar a propagação do vírus mortal, disse neste sábado o ministro da Justiça do país africano.

"A alteração é necessária neste momento, tendo em vista que, quando o decreto de 1960 foi redigido e aprovado em lei, uma doença como o ebola não existia", disse o ministro da Justiça Frank Kargbo à Reuters.

A Costa do Marfim fechou suas fronteiras terrestres com os países vizinhos do oeste africano afetados pelo vírus ebola Guiné e Libéria, na tentativa de prevenir a propagação do vírus no seu território, segundo o governo. Senegal e África do Sul tomaram medidas similares na última quinta-feira.

O número de vítimas fatais do vírus chegou a 1.427 e o de casos a 2.615, na Guiné, Libéria, Nigéria e Serra Leoa.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)