Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

17/06/2007 10:05

Sérgio Salustiano é interrogado mas diz não se lembrar

TJGO

Sob a presidência do juiz Jerônymo Pedro Villas Boas, o juízo militar de Goiânia - constituído ainda por quatro juízes militares - interrogou hoje (15) o sargento Sérgio Salustiano Ribeiro, acusado de matar o tenente Euler Deolino Justino Franco e o cabo Clodoaldo Vieira do Nascimento, além de ferir o sargento Antônio José Soares, por volta das 17 horas de 22 de fevereiro de 2004, no quartel do 8º Batalhão da Polícia Militar, em Aparecida de Goiânia. Durante a audiência, o militar respondeu a várias perguntas feitas pelo colegiado mas alegou não se lembrar de absolutamente nada relacionado ao crime.
Já foi designado para o próximo dia 27, às 13h30, a inquirição de seis testemunhas arroladas pelo Ministério Público (MP), ocasião em que também será colhido o depoimento do sargento Antônio José que, por ser vítima, falará na condição de declarante (não comprometido na forma da lei). Existe, ainda, a possibilidade de, no decorrer da instrução criminal, o juízo requisitar a realização de novo exame de insanidade mental no acusado, vez que persiste a dúvida quanto ao fato de ele ser imputável ou inimputável.
Pelos mesmos crimes Sérgio Salustiano já havia sido julgado e absolvido pelo juiz Hélio Antônio Crisóstomo de Castro que, acatando exame psicológico que diagnosticou o réu como esquizofrênico, determinou sua internação em instituição psiquiátrica, como medida de segurança. A sentença, contudo, foi reformada pelo Tribunal de Justiça em março deste ano, sob o entendimento de que, por se tratar de crime militar, Hélio Antônio não poderia ter proferido decisão monocrática, vez que compete ao Conselho Permanente de Justiça o julgamento desse tipo de crime, conforme estabelece a Lei de Organização Judiciária Mililitar. (Patrícia Papini)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)