Cassilândia, Segunda-feira, 23 de Julho de 2018

Últimas Notícias

03/08/2004 17:05

Sérgio Assis provoca debate sobre a crise da Santa Casa

Janaina Gaspar

O deputado estadual Sérgio Assis (PSDB) defendeu ontem, durante a primeira sessão ordinária deste segundo semestre da Assembléia Legislativa que a situação da Santa Casa de Campo Grande precisa ser acompanhada de perto pelo Legislativo Estadual. Segundo Assis, existem indícios de ineficiência no que se refere a gestão atual.
“Não quero crucificar o atual presidente, Arthur D’ Ávila, mas acredito que está havendo falhas no gerenciamento o que agravou ainda mais uma crise que se arrastava a vários anos. Quem sofre com isso é principalmente a população carente que tem seu sofrimento explorado em troca de pedidos de repasses maiores do SUS”, argumentou acrescentando que de fato a saúde pública do país atravessa um momento difícil, mas que isso não pode servir de desculpa para a crise da Santa Casa.
Sérgio Assis chegou a defender ainda a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar vestígios de irregularidades, lembrando que o Estado também repassa recursos para a Santa Casa.
“Tenho como exemplo desta má gestão o caso de uma funerária que está atuando nas dependências do hospital desrespeitando a lei municipal que proíbe que duas empresas prestadoras de serviços funerários estejam no mesmo local ou a 100 metros do hospital. (Lei Municipal 2795/91, clausula 2.3). Essa empresa não só está funcionando dentro da instituição como também seus funcionários estão recebendo da Santa Casa, onerando ainda mais a folha de pagamento”, denunciou.
A abertura de uma CPI para investigar a crise financeira enfrentada pela Santa Casa depende da adesão de pelo menos oito deputados, mas Assis aponta que a investigação é possível.
“Conclamo meus colegas de Casa a unir esforços para tentarmos solucionar esta grave situação”, afirmou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 23 de Julho de 2018
09:00
Santo do dia
Domingo, 22 de Julho de 2018
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
Sábado, 21 de Julho de 2018
10:00
Receita do dia
Sexta, 20 de Julho de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)