Cassilândia, Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

Últimas Notícias

24/08/2004 12:30

Sérgio Assis faz sugestões para solucionar crise

Janaina Gaspar

Durante a audiência pública sobre a crise na Santa Casa de Misericórdia de Campo Grande, realizada nessa segunda-feira (23), pela comissão permanente de saúde da Assembléia Legislativa, o deputado estadual Sérgio Assis (PSDB) fez várias sugestões para amenizar a grave situação do maior hospital do Estado.
“Acredito que a Santa Casa presta um importante serviço a saúde pública sul-mato-grossense, por isso mesmo não podemos admitir a possibilidade de fechamento dessa instituição. Na minha opinião, além do problema da falta de recursos, fluxo de caixa e o endividamento da instituição, a administração precisa ser mais eficaz. Sugiro a abertura para a participação de novos sócios no conselho gestor e a abertura de um sistema de apadrinhamento, tendo em vista que a instituição é beneficente”, argumentou Assis que chegou a cogitar no início deste mês a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar irregularidades na Santa Casa.
O parlamentar tucano também destacou que não levou em frente sua tentativa de angariar assinaturas para abertura de uma CPI sobre o assunto, atendendo a um pedido do secretario estadual de Saúde, João Paulo Esteves.
“Ele me pediu para não dar continuidade em minha tentativa de abrir a CPI, porque isso atrapalharia no pleito por mais recursos da União para o hospital”, explicou.
Ainda durante a audiência, Sérgio Assis, membro da Comissão de Direitos Humanos da Assembléia, requereu o direito de participar do grupo permanente que está encaminhando as discussões sobre a crise as Santa Casa na tentativa de encontrar soluções para o problema. Na pauta das discussões está a possibilidade de se fazer um empréstimo de R$ 37 milhões para o pagamento da dívida do hospital, outro assunto debatido pelo grupo é a possibilidade de um acordo em Brasília para a liberação de mais recursos do governo federal, através do Ministério da Saúde.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 17 de Agosto de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 16 de Agosto de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)