Cassilândia, Sábado, 23 de Setembro de 2017

Últimas Notícias

14/04/2005 08:21

Sérgio Assis fala sobre a pílula do dia seguinte

Janaína Gaspar

O deputado estadual Sérgio Assis (sem partido) irá realizar uma audiência pública no Plenário da Assembléia Legislativa, no dia 28/04, às 14 horas, para debater o projeto de lei que proíbe a venda e a distribuição gratuita do anticoncepcional de emergência – pílula do dia seguinte -. O parlamentar afirmou que o evento tem como principal objetivo conclamar a população do Estado para ajuda-lo na causa contra o livre acesso ao medicamento que considera “micro-abortivo”.
“A população sul-mato-grossense não pode aceitar que o Ministério da Saúde maquie a legalização do aborto. Na minha opinião tanto a distribuição da pílula, quanto a não obrigatoriedade do Boletim de Ocorrência (BO) para a realização de abortos em vitimas de violência sexual em hospitais da rede publica, fere o princípio do direito à vida defendido pela Constituição Federal”, afirmou Assis.
O projeto que aguarda parecer da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), tem causado polêmica nos bastidores da Casa. Em aparte o deputado Valdenir Machado reconheceu a constante atuação de Sérgio Assis em defesa das causa da Igreja Católica e ressaltou sua concordância com o projeto.
Machado também questionou Assis sobre a legalidade da matéria e Assis o respondeu destacando o artigo 23 da Constituição Federal: é competência da União, Estados e Municípios a proteção e defesa da saúde dos cidadãos.
“Quero que esse projeto sirva de exemplo para o restante do país. Com ele estamos defendendo a educação sexual e a família. Vou marcar para os próximos dias uma audiência pública contando com a presença de médios respeitados e grandes personalidades no sentido provocarmos uma discussão ampliada do tema”, finalizou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 23 de Setembro de 2017
Sexta, 22 de Setembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)