Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/06/2015 09:29

Sepultado ontem o corpo de juiz de Direito da Capital do Estado

Senefonte era natural de Uchoa (SP)

TJMS
Sepultado ontem o corpo de juiz de Direito da Capital do Estado

Faleceu nesta quinta-feira o juiz José Rubens Senefonte. Ele sofreu um acidente de moto no dia 21 de abril e desde então estava hospitalizado. Ele completaria 60 anos em outubro e deixa a esposa Vera e os filhos Flávio Renato, Thais e Luciele.

O sepultamento do corpo ocorreu na manhã de ontem no cemitério Jardim das Palmeiras.

Senefonte, como era conhecido, nasceu na cidade paulista de Uchoa e ingressou na magistratura em novembro de 2000, na 1ª circunscrição. Em abril de 2001 foi promovido para a Comarca de São Gabriel do Oeste.

Em novembro de 2001 foi novamente promovido e assumiu a 2ª Vara Criminal de Corumbá. Em dezembro de 2008, por permuta, foi removido para a 1ª Vara Criminal da mesma comarca.

Novamente removido em fevereiro de 2009, passou a responder pela Vara Cível e Criminal de Três Lagoas. No mês seguinte, em outra remoção por permuta, tornou-se titular da Vara do Juizado Especial Cível e Criminal de Três Lagoas.

Em julho de 2011 foi promovido a juiz auxiliar e mudou-se para a Capital, comarca de entrância especial. No dia 28 de maio de 2015 foi removido para titularizar a 1ª Vara Cível de Campo Grande.

Para o presidente da AMAMSUL, Luiz Felipe Medeiros Vieira, o falecimento do colega é uma perda lastimável. “Ele era um juiz sério, zeloso de suas obrigações e muito querido pelos colegas, que nos deixou muito cedo. Ele acabou de ser removido para a 1ª Vara Cível e tinha muita expectativa de continuar desenvolvendo um bom trabalho. A magistratura de Mato Grosso do Sul está de luto e solidariza-se com a família nessa hora de dor”.

O presidente do Tribunal de Justiça, Des. João Maria Lós, foi outro a lamentar a ausência prematura do magistrado. “O Poder Judiciário perde muito com falecimento tão precoce do juiz Senefonte, pois deixará uma lacuna na magistratura de MS. Era pessoa amável, de fácil trato, além de conhecedor atento do ordenamento jurídico. É efetivamente uma ocasião muito triste”.

Autor da notícia: Secretaria de Comunicação - imprensa@tjms.jus.br

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)