Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

26/12/2004 09:45

Senar quer atingir marca de 100 mil profissionalizados

Shirley Prestes / ABr

O aumento na qualidade dos mais de 100 diferentes cursos oferecidos no Rio Grande do Sul, foi um dos destaques do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-RS) em 2004. Para isso foram credenciados 60 novos instrutores que vão atuar nas áreas de agroindústria, reflorestamento, fruticultura e mecanização agrícola.

"Estamos nos estruturando para atingir a marca de cem mil profissionalizados no campo, em 2005", disse o superintendente da entidade, Gilmar Tietböhl, anunciando a contratação de cem novos profissionais. Segundo ele, este ano quase 68,4 mil pessoas se profissionalizaram nos 3,2 mil cursos oferecidos no estado. Desse total, 93% são trabalhadores e pequenos produtores rurais com exploração de até 50 hectares.

No setor voltado para ações sociais junto às comunidades rurais gaúchas, o dirigente destacou o aumento de 50% das atividades, comparado ao ano passado. Na estatística, estão as 1,3 mil pessoas beneficiadas com o Programa de Alfabetização e os números do Programa "Imama" e "Senar na Estrada", que levaram informações sobre Câncer de Mama a 2,7 mil mulheres do campo.

Já o programa "Agrinho", promovido junto com a Farsul nas escolas públicas do Estado, atingiu 550 mil alunos e 41 mil professores. Em 2005 ele será realizado em 250 municípios gaúchos.

Criado nos moldes do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC) e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), o Senar é uma Instituição de direito privado, vinculada à Confederação Nacional da Agricultura (CNA) e dirigida por um Conselho Deliberativo, composto por representantes do governo e das classes patronal rural e trabalhadora.

Seu objetivo é organizar, administrar e executar em todo território nacional a Formação Profissional e a Promoção Social de jovens e adultos, homens e mulheres que exerçam atividades no meio rural.

O Senar baseia suas ações em princípios e diretrizes estabelecidas pela OIT- Organização Internacional do Trabalho (OIT), nas políticas do Centro Interamericano de Investigação e Documentação sobre Formação Profissional (CINTERFOR), formuladas durante reuniões de comissões técnicas, nas políticas dos Ministérios do Trabalho e da Agricultura.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)