Cassilândia, Domingo, 30 de Abril de 2017

Últimas Notícias

26/12/2004 09:45

Senar quer atingir marca de 100 mil profissionalizados

Shirley Prestes / ABr

O aumento na qualidade dos mais de 100 diferentes cursos oferecidos no Rio Grande do Sul, foi um dos destaques do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-RS) em 2004. Para isso foram credenciados 60 novos instrutores que vão atuar nas áreas de agroindústria, reflorestamento, fruticultura e mecanização agrícola.

"Estamos nos estruturando para atingir a marca de cem mil profissionalizados no campo, em 2005", disse o superintendente da entidade, Gilmar Tietböhl, anunciando a contratação de cem novos profissionais. Segundo ele, este ano quase 68,4 mil pessoas se profissionalizaram nos 3,2 mil cursos oferecidos no estado. Desse total, 93% são trabalhadores e pequenos produtores rurais com exploração de até 50 hectares.

No setor voltado para ações sociais junto às comunidades rurais gaúchas, o dirigente destacou o aumento de 50% das atividades, comparado ao ano passado. Na estatística, estão as 1,3 mil pessoas beneficiadas com o Programa de Alfabetização e os números do Programa "Imama" e "Senar na Estrada", que levaram informações sobre Câncer de Mama a 2,7 mil mulheres do campo.

Já o programa "Agrinho", promovido junto com a Farsul nas escolas públicas do Estado, atingiu 550 mil alunos e 41 mil professores. Em 2005 ele será realizado em 250 municípios gaúchos.

Criado nos moldes do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC) e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), o Senar é uma Instituição de direito privado, vinculada à Confederação Nacional da Agricultura (CNA) e dirigida por um Conselho Deliberativo, composto por representantes do governo e das classes patronal rural e trabalhadora.

Seu objetivo é organizar, administrar e executar em todo território nacional a Formação Profissional e a Promoção Social de jovens e adultos, homens e mulheres que exerçam atividades no meio rural.

O Senar baseia suas ações em princípios e diretrizes estabelecidas pela OIT- Organização Internacional do Trabalho (OIT), nas políticas do Centro Interamericano de Investigação e Documentação sobre Formação Profissional (CINTERFOR), formuladas durante reuniões de comissões técnicas, nas políticas dos Ministérios do Trabalho e da Agricultura.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 29 de Abril de 2017
Sexta, 28 de Abril de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)